quarta, 25 de novembro de 2020

Policial
Compartilhar:

Mulher é presa suspeita de 50 roubos a igrejas, escolas, clínicas e academias em CG

Da redação com Portal Correio / 11 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
Uma mulher foi presa, nesta quinta-feira (11), em Campina Grande, suspeita de praticar aproximadamente 50 roubos no município. Entre os locais que foram alvos da suspeita estão igrejas, escolas, clínicas médicas e academias de ginástica. Ela foi presa por força de mandado judicial.

De acordo com o delegado de Crimes contra Patrimônio (Roubos e Furtos), Cristiano Santana, a suspeita era investigada há alguns meses. “Conseguimos levantar várias provas contra a suspeita, inclusive, tivemos o subsídio das imagens de circuito de câmeras dos estabelecimentos, que flagraram vários delitos. Ela agia de diversas formas, muitas vezes se passava por diarista, era contratada e levava tudo das residências”, explica a autoridade policial.

“Nas igrejas, academias e escolas fazia amizade com as vítimas e depois realizava os furtos. Em alguns casos, era furto e em outros existia a violência, ou grave ameaça e isso já caracterizava roubo. Como temos um levantamento robusto das ações dela, o mandado de prisão preventiva foi expedido pela 4ª Vara Criminal de Campina Grande e foi cumprido no município de Solânea, na região do Brejo, local onde a suspeita estava”, completa o delegado.

Cristiano Santana pede que vítimas que ainda não tenham formulado denúncia contra a suspeita compareçam à sede da Delegacia de Roubos e Furtos, na Central de Polícia, no bairro do Catolé. “Essas informações vão integrar o inquérito e darão ainda mais reforço ao trabalho investigativo policial que foi realizado”.

Nas próximas horas, a suspeita será levada para a audiência de custódia, para receber as decisões da Justiça. Ela deverá responder pelos crimes de furto e roubo.

Relacionadas