terça, 16 de julho de 2019
Cidades
Compartilhar:

Parque do Jacaré está com obras paradas

Katiana Ramos e Lucilene Meireles / 05 de janeiro de 2019
Foto: Assuero Lima
Parque do Jacaré
A construção do Mercado de Artesanato do Parque do Jacaré, em Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, começou em julho de 2015 e, em outubro do mesmo ano, foi suspensa porque os recursos do governo federal não foram enviados. A data para entrega da obra era outubro daquele ano, mas até agora, com mais de três anos de atraso, a construção ainda não foi concluída e segue a passos lentos. Na manhã de ontem, apenas um pedreiro estava no local.

Há 15 anos, Janice Burity mantém uma loja na área onde foram retirados os bares e tem acompanhado de perto o andamento das obras. Um dos entraves, segundo ela, é a questão política. “Desde que começaram esses problemas com o prefeito, nada mais aconteceu nessa obra”, ressaltou.

Os prédios até foram erguidos e estão em fase de acabamento, mas Janice afirmou que, como os boxes ainda não foram ocupados, vândalos têm entrado nos que ainda estão sem portas e fazem até as necessidades dentro dos espaços. “A área ainda nem foi entregue e já estão depredando”, lamentou a comerciante. Ela acrescentou que há informações de que o trabalho, de fato, seria retomado dia 10 de janeiro. “Mas, a gente não tem certeza. O que vemos é que, além da obra do mercado não terminar nunca, o que foi feito no setor das lojas ficou inacabado. Aqui faltam bancos para os turistas. Os que estão aí fomos nós que colocamos. Além disso, as árvores que foram retiradas precisam ser substituídas”, observou.

Outro problema é no estacionamento, que até existe, mas numa rua de barro, sem organização. O valor mínimo cobrado é de R$ 5, como indica uma placa afixada em um muro. Segundo a comerciante, em período de chuva, carros e ônibus atolam.

Repasse demorou

O engenheiro da Secretaria de Infraestrutura do município de Cabedelo, Gustavo de Azevedo, explicou que os projetos do estacionamento e do mercado de artesanato do Parque do Jacaré são obras distintas. Segundo ele, os atrasos se devem a demora no repasse dos recursos por parte do governo federal. Contudo, o representante da prefeitura disse que os dois projetos devem ser entregues até o final do primeiro semestre deste ano.

“A obra do estacionamento está em fase de licitação e o mercado de artesanato tem uma empresa contratada para finalizar. Mas, estamos com dificuldades na liberação dos recursos e análise de processo na Caixa. Outra coisa é que tivemos problemas com essa obra desde a fundação. Na análise da obra, tivemos que fazer um melhoramento de solo. Por isso, também houve atraso. Acredito que, mesmo com o risco de atrasar o repasse de recursos, a tendência é de que até o final desse semestre entregamos”, detalhou o engenheiro.

Relacionadas