quinta, 15 de abril de 2021

Paraíba
Compartilhar:

São Pedro vai ser festejado em onze municípios paraibanos

Aline Martins com Assessoria / 29 de junho de 2019
Foto: Imagem ilustrativa
No Dia de São Pedro, a Igreja Católica, que o considera o primeiro papa da história, pois foi ele quem deu início às primeiras comunidades cristãs, realiza uma grande festa em comemoração ao santo que também é dito, pelos pescadores, como o seu protetor quando estão no mar. Além da programação religiosa, que acontece em paróquias das cidades de João Pessoa, Santa Rita, Mamanguape e Serra Redonda, a festa profana ainda acontece em sete municípios paraibanos, sendo que alguns deles, os festejos só terminam no dia 7 de julho.

A Festa de São Pedro e de São Paulo, os pilares da Igreja Católica, é uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal. No entanto, pela tradição dos festejos populares, São Paulo é mais lembrado no dia 25 de janeiro, deixando o dia 29 de junho para o Santo detentor da “chave do céu”. Na Arquidiocese da Paraíba, duas paróquias são dedicadas a São Pedro (em João Pessoa – no bairro de Manaíra, e uma no município de Serra Redonda) e outras três dedicadas a São Pedro e São Paulo (em João Pessoa – no bairro de Brisamar, e nas cidades de Mamanguape e Santa Rita).

Paróquias



Todas essas paróquias estão com programações em comemoração ao santo. Além disso, a colônia de pescadores da praia da Penha, na Capital paraibana, que realiza hoje, às 16h, a procissão marítima, que já tem mais de 100 anos de tradição.

Os devotos devem sair em caminhada do Mercado do Peixe, em Manaíra, em direção a Matriz de São Pedro Pescador, que fica na Avenida Maria Rosa. Às 17h acontece a missa e em seguida a festa. Amanhã, acontecem duas missas: uma às 17h e a outra às 19h30.

“Os pescadores da Penha realizam, numa tradição de mais de 100 anos, esta barqueada, ou procissão marítima, já que São Pedro é o padroeiro dos pescadores. Eles conduzem a imagem da praia da Penha até Tambaú, onde a comunidade paroquial a recebe, por volta das 16h, e a conduz em procissão até a Igreja Matriz”, explica o pároco, padre Luiz Júnior. Para o arcebispo da Arquidiocese da Paraíba, Dom Manoel Delson, São Pedro foi o apóstolo que Jesus confiou para a construção da Igreja.

“Pedro é, para nós, o primeiro Papa, aquele que deu início às primeiras comunidades cristãs. É um homem forte, que nos deixa muitas lições, pois da sua imperfeição, Deus o fez grandioso, nos mostrando que, assim como a Pedro, Ele nos ama e acredita em nós”, afirmou.

Relacionadas