quinta, 26 de novembro de 2020

Paraíba
Compartilhar:

Magistrados de João Pessoa serão capacitados por juíza do CNJ

Redação / 18 de fevereiro de 2018
Foto: Arquivo
A juíza auxiliar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Maria de Fátima Alves, e sua equipe, virão a João Pessoa para capacitar um total de 120 pessoas, entre magistrados e servidores do Tribunal de Justiça da Paraíba, sobre o funcionamento e a implantação do novo Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP). A formação acontecerá nesta terça e quarta-feira (20 e 21) no Fórum Cível da Capital e no Auditório do Tribunal de Contas do Estado, respectivamente.

O BNMP foi criado pela Resolução nº 137 do CNJ, para uniformizar as informações que devem ser incluídas no banco com relação aos mandados de prisão de todo o País, com o objetivo de dar conhecimento público dos mandados que ainda não foram cumpridos. De acordo com o artigo 2º da Resolução, cabe ao Conselho a criação e a manutenção do sistema, que será disponibilizado na internet, assegurando a toda e qualquer pessoa o direito de acesso às informações, independente de prévio cadastramento ou demonstração de interesse.

Os detalhes do curso foram tratados, no último dia 8, por meio de uma videoconferência realizada pela juíza Fátima Alves e sua equipe com magistrados e servidores do TJPB.

Tecnologia

Durante a videoconferência, a representante do CNJ propôs aos membros do Tribunal de Justiça a formação de uma equipe para ficar em contato direto com o Conselho, com a finalidade de tirar dúvidas, acompanhar o treinamento e a implantação do BNMP.

Relacionadas