sexta, 19 de abril de 2019
Paraíba
Compartilhar:

Governos do Estado e de João Pessoa fazem ações em prol da mulher

Ainoã Geminiano / 09 de março de 2019
Foto: Assuero Lima
Para celebrar o Dia Internacional da Mulher o Governo do Estado lançou ontem o pacote de medidas de combate à violência contra as mulheres, incluindo o projeto Patrulha Maria da Penha, que vai oferecer um atendimento específico da Polícia Militar às mulheres vítimas de violência, que estão sob medida protetiva. Entre as medidas também está a crianção de um Centro de Referência da Mulher na região do Cariri, ainda sem data para funcionamento, que será construído na cidade de Sumé. Já a prefeitura da Capital iniciou uma programação que vai até o fim do mês, com várias atividades para as mulheres, entre elas aulas de defesa pessoal.

O Governo do Estado reuniu secretários e assessores em uma solenidade no Palácio da Redenção, onde o governador João Azevedo fez assinaturas de contratos e ordens de serviço, para dar início a execução dos programas. “Estamos unindo as secretarias da Mulher, da Segurança, PM e Polícia Civil para monitorarmos as mulheres que estão sob os cuidados do Estado, no que se refere a processos de violência, através da Patrulha Maria da Penha. Vamos iniciar essa medida em 27 municípios (da Região Metropolitana da Capital), com uma patrulha identificada, com a missão de fazer o acompanhamento das mulheres que estão ameaçadas de violência, que se identifiquem e queiram esse serviço”, explicou o governador.

Durante a solenidade de lançamento não foi explicado como será o funcionamento da Patrulha Maria da Penha. Assessores do Governo disseram que o projeto ainda está em fase final de ajustes para definir detalhes como a forma de acionamento das viaturas, pelas vítimas de violência. Se será através do 190 ou algum canal específico para o serviço. Também não está definida a data exata em que o projeto começar a funcionar. “Só vamos anunciar o momento do início quando tivermos formatado tudo da melhor maneira possível, para que tenhamos uma ação consistente e contínua. Todo o trabalho será coordenador pela Secretaria da Mulher, inclusive a capacitação dos policiais”, disse a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares.

Centro de Referência



A segunda medida de destaque do pacote anunciado pelo Governo do Estado também não tem data para acontecer e será executada em consórcio com os municípios da região do Cariri. Segundo Gilberta Soares, a infraestrutura da unidade e os equipamentos, estão sob responsabilidade dos municípios.

“Será uma unidade com o mesmo molde do que já existe em Campina Grande, com serviço psicossocial e jurídico, além de prestar assistência às mulheres vítimas de violência doméstica, familiar e sexual. A abertura do serviço será anunciada em breve, mas já estamos com alguns prefeitos e com o Consórcio Intermunicipal do Cariri Ocidental, porque toda a infraestrutura é de responsabilidade dos municípios”, explicou a secretária.

Durante a solenidade também foram assinados contratos do programa Empreender Mulher e apresentação de projetos como o “Maju”, executado com detentas do presídio Júlia Maranhão, que fabricam bolsas e objetos similares de menor porte, com remissão de pena por dia trabalhado. Um coral de detentas fez uma apresentação no salão nobre do Palácio.

Durante o mês. Mais de 50 atividades serão realizadas envolvendo o trabalho interinstitucional de órgãos e instituições do governo, como Segurança Pública, Cultura, Saúde, Educação, Economia Solidária, Ação Penitenciária, Cagepa, Fundac e Empaer. Hoje, às 21h, na Praça do Povo do Espaço Cultural, as cantoras Céu e Daúde farão show celebrativo abrindo a programação cultural da Funesc, com entrada gratuita.

PMJP lança programação



Na tarde de ontem, a Prefeitura de João Pessoa deu início à programação do chamado Mês da Mulher, com um evento na praia de Cabo Branco onde houve panfletagem para divulgação do Disk 180, número de emergência para mulheres em situação de violência e um aulão de defesa pessoal, ministrado por técnicos da Secretaria de Segurança e Cidadania.

Na próxima semana, a partir da quarta-feira, as atividades serão retomadas no Centro de Comercialização e Agricultura Familiar (Cecaf), que fica no bairro José Américo, com workshop sobre confecção de bonecas, vestuário e decoração em crochê. A programação termina na quarta-feira, dia 27, no auditório do Paço Municipal, com um workshop sobre acesso e efetivação da Justiça.

Saiba mais



Entre as políticas públicas desenvolvidas pela atual gestão municipal estão: a Ronda Maria da Penha, o fortalecimento da equipe do Centro de Referência da Mulher, divulgação da Parada Segura, cartaz obrigatório em estabelecimentos comerciais, campanhas permanentes sobre violência psicológica, física e sexual, divulgação dos serviços 72 horas do Instituto Cândida Vargas (ICV), Casa Mãe Bebê, prioridade nos cadastros na política habitacional, cirurgia plástica reparadora, Programa Maria da Penha vai as Escolas, doulas voluntárias, linha de crédito Especial Mulher, Programa Mulheres construindo uma cidade sustentável, crocheteiras multiplicadoras de saber, entre outras.

Relacionadas