quinta, 22 de abril de 2021

Paraíba
Compartilhar:

Famílias vão deixar o bairro São José por causa dos transtornos causados pela chuva

Beto Pessoa / 19 de junho de 2019
Foto: Secom-JP
Entre 90 e 110 famílias serão retiradas do Bairro São José, um dos mais afetados pelo alto volume de chuvas que atingiu João Pessoa nos últimos dias. Segundo informações da Defesa Civil Municipal, que desde dessa terça-feira (18) realiza vistoria das casas da região, maior parte dos afetados residia na chamada Rua do Rio. Devido ao estado de deterioração que ficou essas residências, eles precisaram ser removidos do bairro.

“A chamada Rua do Rio, que fica bem próximo ao shopping, sempre foi uma área complicada, de difícil acesso e nos impossibilita realizar a limpeza correta do rio. Sempre que chove o nível da água alaga nesse ponto. Como as chuvas dos últimos dias foram muito fortes, a maior dos últimos 30 anos, acentuou o problema e essas casas estão condenadas. Precisaremos tirar de lá pelo menos 90 famílias. Antes, eles se recusavam a sair, mas agora os próprios estão nos buscando para sair do local”, explicou Noé Estrela, coordenador da Defesa Civil Municipal.

Durante todo o dia de hoje, as equipes da Defesa Civil continuarão o trabalho de mapeamento iniciado ontem no Bairro São José. A ideia é verificar o estrago que as águas causaram nas residências da região. Além das 90 famílias da Rua do Rio, estima-se que outras 20 tiveram as casas afetadas pela chuva. “Vamos continuar o trabalho de monitoramento. Estamos averiguando a situação dessas outras famílias. Eles moram em casas com melhor infraestrutura e numa região menos afetada do bairro, então ainda não sabemos se elas também serão retiradas”.

Em quatro pontos do São José foram designadas equipes formadas por médico, enfermeiro e técnico de enfermagem para fazer os atendimentos de saúde necessários às famílias, entregar medicamentos, fazer curativos e consultas. Além da Defesa Civil, estão envolvidas as secretarias de Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura, Saúde, Meio Ambiente, Limpeza Urbana e Mobilidade Urbana. As visitas acontecem em todos os pontos em que foram registradas inundações, alagamentos ou áreas de risco para fazer um levantamento dos efeitos das chuvas. O trabalho envolve limpeza de galerias, rios, e podas de árvores em áreas de risco.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, também participou da vistoria realizada ontem de manhã no Bairro São José. Ele falou sobre as ações que estão sendo desenvolvidas. “Nossas equipes estão em prontidão desde o início das chuvas e agora estão aproveitando a pequena trégua para avançar com estas ações e o cuidado com as famílias. Começamos com o Bairro São José, mas estaremos percorrendo toda a cidade e também dando continuidade às nossas ações planejadas de infraestrutura para superarmos este período de dificuldades”, afirmou o prefeito.

Tito Silva. Além do bairro São José, equipes da Defesa Civil Municipal iniciam hoje o trabalho de monitoramento e vistoria das casas da comunidade Tito Silva, localizada no bairro Castelo Branco. “Iniciamos no São José, que foi a mais prejudicada. Mas a partir desta quarta teremos uma equipe trabalhando também na Tito Silva”, disse Noé Estrela. Até sexta-feira, também deve receber ações a comunidade São Rafael, no Padre Hildon Bandeira.

Relacionadas