domingo, 16 de maio de 2021

Paraíba
Compartilhar:

Cuidado com os golpes na hora de buscar o FGTS

Luís Eduardo Andrade / 13 de janeiro de 2017
Foto: Vinicius Miron
 A partir do próximo mês, milhares de paraibanos poderão sacar o FGTS de contas inativas, ou seja, de contratos rescindidos. A espera pelo dinheiro extra e que não estava previsto em meio a tanta crise acaba causando certa ansiedade nas pessoas que ficam mais vulneráveis a golpes e precisam ficar atentas para não cair nas mãos de bandidos que atuam, principalmente, por meio dos celulares.

A arquiteta Rita de Cássia Gomes está nessa fila à espera do FGTS e desconfiou de mensagens que começaram a chegar em seu celular dizendo que o benefício já está liberado. O SMS inclui dois números de telefones pedindo para que ela entre em contato e possa saber mais detalhes.

"Já foram duas as mensagens que chegaram. Uma com o DDD 71 e outra com o 11. Eu, lógico, não liguei, porque logo percebi que isso com certeza trata-se de um golpe. Mas, temo porque algumas pessoas menos esclarecidas acabam caindo nesse tipo de coisa", alertou a arquiteta.

Alerta da Caixa

A assessoria da Caixa Econômica Federal informou que só existem três maneiras de o cidadão verificar se terá direito ao FGTS e alertou que o banco não manda e-mail e nem mensagem no celular. Foi reforçado que qualquer outra mensagem de texto, ligação ou e-mail que for enviado em nome do banco são ilegítimos.



Nunca repassar dados

O delegado de Defraudações de João Pessoa, Lucas Sá,  alertou que as pessoas que receberem mensagens de texto requisitando dados pessoais ou pedindo pagamento de taxas para recebimento do benefício, procurem qualquer delegacia da Polícia Civil e registrem um boletim de ocorrência, para ajudar na investigação e prisão dos suspeitos.

Ele aproveitou para alertar sobre outra modalidade de golpe ainda mais sofisticado que aconteceu ano passado e pode se repetir em 2017. "Indivíduos se dizem advogados e oferecem um serviço de assessoria jurídica para revisar o FGTS. Porém, após receberem os honorários dos clientes, não entram mais em contato com os mesmos". O delegado afirmou que a única comunicação que o banco mantém com os funcionários é através de correspondências, ou seja, qualquer contato via celular ou e-mail pode ser algum tipo de golpe.

Benefício liberado

O Governo Federal anunciou que o benefício retirado é o referente às contas inativas até dezembro de 2015. Ou seja, o saque não será válido para os contratos ainda em vigor. Cerca de 10 milhões de brasileiros receberão o FGTS, porém a quantidade de paraibanos beneficiados ainda não foi divulgada. De acordo com a assessoria da Caixa Econômica na Paraíba, algumas regras de seleção ainda estão pendentes, e o número de paraibanos segue indefinido. Embora a retirada só possa ser feita em fevereiro, os trabalhadores já podem checar o saldo da quantia que será liberada.

 

Relacionadas