quarta, 20 de novembro de 2019
Paraíba
Compartilhar:

70 açudes estão com menos de 20% de seu armazenamento hídrico

Lucielene Meireles / 20 de março de 2019
Foto: Antônio Ronaldo
Mais de metade dos açudes da Paraíba está com menos de 20% da capacidade de armazenamento. Isso significa que, dos 126 mananciais monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa-PB), 70 estão nestas condições. E esta não é a pior notícia: a situação de 33 destes açudes é crítica, por estarem com menos de 5%. A esperança do paraibano, principalmente o homem do campo, está nas chuvas previstas pela meteorologia para os próximos dias.

“As maiores chuvas para recarga (dos açudes) começam agora, na segunda quinzena de março, e a expectativa é bem favorável”, disse o meteorologista Alexandre Magno, gerente executivo de Monitoramento Hidrométrico e Pluviometria da Aesa.

Ele enfatizou, inclusive, que houve regularidade nas chuvas no período que antecede o Dia de São José, lembrado ontem. “A tendência de chuvas é boa, de acordo com a crendice popular, mas estamos sim com tendência favorável e chuvas previstas em todas as regiões”, declarou.

Agora, as chuvas ainda ocorrem no Sertão, Cariri e Curimataú. A partir de abril, será a vez do Agreste, Brejo e Litoral. Podem ocorrer, inclusive, precipitações com raios e trovoadas, como foi registrado nos últimos dias.

O meteorologista Flaviano Fernandes, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), lembrou que, para os próximos três dias, a tendência é de pancadas isoladas em todo o Estado, principalmente no Sertão e no interior. No Litoral, só chuva fraca e isolada.

Temperatura amena . O Verão termina no próximo dia 21 e, com a chegada do Outono, a tendência é que a temperatura comece a amenizar. A mudança de estação somada às chuvas registradas nos últimos dias, contribui para diminuir o calor que tem incomodado os paraibanos.

“Quando ocorrem as chuvas, a tendência é de uma diminuição do calor, porque os raios solares não vão atingir diretamente o solo, diminuindo a temperatura. A nebulosidade impede a radiação e, consequentemente, diminui a sensação térmica”, disse o meteorologista do Inmet, Flaviano Fernandes.

Segundo ele, a tendência de redução da temperatura é maior no final do Outono.

Situação dos 126 açudes monitorados pela Aesa

37 açudes têm menos de 20% da capacidade

33 em situação crítica, com menos de 5%

55 têm mais de 20% da capacidade

1 açude sangrando

Relacionadas