quarta, 12 de maio de 2021

Cidades
Compartilhar:

Pagamento da Zona Azul poderá ser feito via aplicativo de celular

Ellyka Gomes / 20 de dezembro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
A nova Zona Azul de João Pessoa vai permitir o pagamento do estacionamento rotativo por meio de aplicativo de celular e em postos de vendas credenciados pela empresa terceirizada que operar o sistema. O superintendente de Mobilidade Urbana de João Pessoa, Adalberto Araújo, declarou que o novo modelo deve entrar em operação ainda no primeiro semestre de 2019. O edital de licitação que trata da contratação da empresa que prestará o serviço deve ser lançado esta semana.

Segundo Araújo, o Centro da Capital paraibana precisava passar por uma disciplinação na oferta de vagas de estacionamentos, em virtude do intenso fluxo de veículos que circula na área. “O atual modelo da Zona Azul é deficitário. Não temos mais condições de continuar utilizando pessoas para cobrar e fiscalizar cartelas de estacionamento”, comentou, durante entrevista concedida ao programa Correio Debate da 98 FM.

“Decidimos não instalar máquinas nas ruas, para evitar prejuízos com depredações dos equipamentos”, destacou Araújo. Esta última forma de pagamento vai funcionar semelhante às recargas de crédito de celular.

A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) realizou um estudo, com o apoio de outras secretarias municipais, para viabilizar o aumento do número de ruas que funcionam como Zona Azul.

Preços dos estacionamentos. A Semob não informou sobre os valores que serão aplicados com a nova Zona Azul. Declarou apenas que o sistema vai trabalhar com três tipos de zonas diferentes: de alta, média e baixa rotatividade, e que os preços dos estacionamentos vão alterar conforme essa rotatividade.

Celular



Com o novo modelo em operação, o motorista vai poder utilizar o celular para pagar a Zona Azul. O aplicativo vai, inclusive, emitir alertas para o usuário quando o tempo estacionado estiver expirando e, por meio do App, conseguir renovar o período. Outra forma de pagamento será por meio de lojas do comércio pessoense, que funcionarão como postos credenciados da Zona Azul.

Cobrança na orla marítima



Somada às ruas que já operam com o sistema, a Semob prevê expansão na oferta de vagas de estacionamento no Centro de João Pessoa quando o novo modelo entrar em operação. Araújo não descartou a possibilidade das vagas de estacionamento na Orla de João Pessoa, hoje gratuitas, passar a funcionar por meio da Zona Azul.

Segundo ele, a cobrança de estacionamento público na Capital está limitada ao Centro, e outras áreas, como a Orla, já demanda fluxo intenso de veículos. “Nesse primeiro momento vamos nos concentrar em disciplinar o Centro da cidade, mas se os estudos técnicos verificarem que há necessidade, vamos expandir o perímetro de funcionamento da Zona Azul”, revelou.

Concurso público para agentes



Adalberto Araújo revelou que o órgão estuda a realização de concurso público em 2019, para a contratação de agente de mobilidade urbana. Hoje a Semob conta com 198 agentes para coordenar e fiscalizar o trânsito da Capital.

“Temos dificuldade de fiscalizar as ruas com o atual efetivo. João Pessoa cresceu muito... Entre carros, motos e ônibus, temos mais de 380 mil veículos rodando. Se acrescentarmos os que vêm das cidades da Região Metropolitana, chegamos a quase 500 mil veículos circulando pelas ruas”, declarou.

Relacionadas