quarta, 19 de dezembro de 2018
Cidades
Compartilhar:

Os transtornos dos buracos na cidade de João Pessoa

Bárbara Wanderley / 31 de agosto de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
Um imenso buraco tomou conta de quase toda uma faixa da Avenida Desembargador Boto de Menezes, no bairro de Tambiá, em João Pessoa, desde o último final de semana. Para passar, os motoristas que dirigem no sentido Tambiá-Mandacaru precisam desviar passando por cima da calçada de um posto de combustíveis desativado que existe no local, o que especialmente difícil para veículos grandes como ônibus e caminhões. Nos horários de trânsito mais intenso, longas filas se formam.

Morador da região, Francisco de Paula contou que o problema teve início quando uma tubulação de água da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa) estourou no final da última semana. O reparo da tubulação foi feito, mas o reparo da via não e o buraco permanece causando transtornos à população. Ele ressaltou que, por sorte, o período chuvoso já passou, caso contrário, o buraco já teria aumentado muito de tamanho pela força das águas.

A área da Avenida Desembargador Boto de Menezes até o cruzamento com a Avenida Monsenhor Walfredo Leal tem um histórico frequente de problemas com a tubulação e já passou por diversos reparos da Cagepa nos últimos meses.

Próximo ao Lyceu. Outro buraco que atrapalha os motoristas e oferece risco de acidentes está localizado na Avenida Camilo de Holanda, no Centro de João Pessoa. O asfalto cedeu junto à tampa de um poço de visitação da Cagepa.

Para sinalizar o perigo de acidentes, um pedaço de telha de fibrocimento foi encaixada no buraco, para impedir os carros de passar por cima, o que poderia agravar a situação fazendo o asfalto ceder ainda mais. Os veículos, no entanto, ainda passam ao lado e não se sabe se a trepidação causada por esse trânsito pode fazer com que o buraco aumente.

A auxiliar de serviços gerais, Ednalva Amaral, que passa diariamente pelo local, afirmou que a situação já se estende há vários dias. “É um perigo, principalmente para quem anda de moto. Esse aqui ainda está sinalizado, quando não está é pior, porque às vezes o motorista não vê”, comentou.

Cagepa culpa desgaste

Por meio da assessoria de comunicação, a Cagepa informou que o buraco na Avenida Boto de Menezes deve ser tapado ainda hoje. Segundo a empresa, “naquela área, os vazamentos surgem, na maioria das vezes, pelo desgaste e tempo de vida útil da tubulação”. A empresa ainda informou que, “a cada conserto, substitui a tubulação antiga de ferro por outra em material PVC”. Já sobre o buraco na Avenida Camilo de Holanda, uma equipe será encaminhada para avaliar a situação.

Relacionadas