terça, 11 de maio de 2021

Cidades
Compartilhar:

Mudança de estação: primavera reduz chuva e eleva a temperatura

Aline Martins / 22 de setembro de 2018
Foto: Rafael Passos
Quando o relógio marcar 22h54 deste sábado (22), será dado início a Primavera no Hemisfério Sul – estação simbolizada pelo desabrochar das flores. Comumente nesse período, as temperaturas aumentam gradualmente, podendo chegar até quatro graus a mais em relação às registradas no inverno na Paraíba. No Litoral, Brejo e Agreste haverá diminuição da quantidade de chuvas. Já no Sertão a situação é diferente, pois é o período mais esperado do ano, principalmente pelos agricultores, porque se inicia a fase chuvosa que é ideal para o começo da semeadura da nova safra. No entanto, isso só deve acontecer a partir de dezembro no Estado.

Embora ocorra redução de chuvas na faixa Leste do Estado, podem ser registradas precipitações de chuvas pontuais nesse período, segundo Ednaldo Correia de Araújo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

“É um período seco e úmido até dezembro quando começa o Verão. As temperaturas vão aumentando gradualmente”, frisou, comentando que os meses mais chuvosos nas regiões (do Litoral ao Agreste) como junho e julho ficou abaixo do esperado, portanto não se descarta registros de chuvas nessa estação.

Na faixa litorânea, a temperatura pode chegar a 33ºC, quando a média é de 30ºC. Já no Sertão (Patos, Sousa), 40ºC.

O Climatempo também analisou o panorama da Primavera no Nordeste. A meteorologista Graziella Gonçalves explicou que as chuvas não começam de imediato no Nordeste como acontece nas demais regiões. Nos meses de outubro e novembro o volume ficará um pouco abaixo do esperado em grande parte dos Estados. Já em dezembro, o cenário muda para as áreas dos estados do Maranhão, Piauí, norte da Bahia e o Oeste de Pernambuco, pois terão chuvas acima do normal.

“Isso não quer dizer que a chuva siga complemente distribuída. Vamos ter ainda por conta do aquecimento diferencial da porção Equatorial do Pacífico, ou seja, um risco eminentemente do El Niño, pois isso vai manter as chuvas muito irregulares durante grande parte da Primavera”, frisou.

Dias e noites

A Primavera é uma estação marcada por ter dias e noites basicamente iguais, diferentemente do inverno que tem dias curtos e noites longas.

A explicação se deve porque a data de início dessa estação possui relação direta com a ocorrência do fenômeno denominado de equinócio que é quando os hemisférios Norte e Sul recebem igualmente a iluminação dos raios solares. No Norte a estação é o Outono.

É válido ressaltar que o Equinócio exato só ocorre em um momento do ano, pois em seguida a luz solar vai gradativamente mudando para o Sul com o passar dos dias até atingir a inclinação máxima no dia 21 de dezembro quando inicia o Verão, caracterizado por dias mais longos e noites curtas. No dia de início do Verão ocorre o inverso: o Solstício.

Relacionadas