terça, 19 de janeiro de 2021

Cidades
Compartilhar:

Moradores reclamam de lixo do réveillon em praias

Aline Martins / 04 de janeiro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
Dois dias após o Réveillon, os imóveis situados nas praias de Ponta de Campina, Poço e Camboinha, em Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, ainda estavam com as frentes cheias de lixo nessa quarta-feira (3). Segundo os moradores e visitantes, o caminhão não havia recolhidos os resíduos.

Essas localidades são conhecidas por atender um público de veranistas, que este ano, de acordo com comerciantes, está um pouco tímido, reduzido em relação ao ano passado. Observa-se pelo trânsito fluindo normalmente, sem congestionamentos.  As ruas Henrique Siqueira e Antonio Marinho Falcão, em Ponto de Campina, são apenas dois exemplos da situação enfrentada por turistas e moradores dessa e de outras em relação à limpeza pública. Várias casas e condomínio com as calçadas com sacolas de resíduos.

O engenheiro químico de Maceió, Alagoas, Petrônio Gomes Figueiredo, sempre passa alguns dias de férias em Ponta de Campina e ressalta a necessidade de resolver essa problemática. “Ano passado eu vim. Eu gosto daqui, mas a questão do lixo deixa a desejar. Fora isso não vejo nenhum problema”, comentou.

Já a estudante Yasmim Lins, de Campina Grande, destacou a falta segurança em Ponta de Campina. “Eu e minha a mãe estamos voltando mais cedo da praia para casa onde estamos porque as pessoas estão falando que está inseguro. Vamos agora evitar andar com muitos objetos como uma medida de segurança”, relatou.

No Poço, o engenheiro agrônomo Ricardo Henriques, que é natural de João Pessoa, mas mora em Belo Horizonte, não tem o que reclamar sobre a segurança. “Acho que está tudo bom”, contou.

Limpeza

A secretária de Infraestrutura de Cabedelo, Erika Gusmão, informou que a limpeza foi realizada na manhã de ontem, embora a reportagem tenha flagrado lixo em ruas de Ponta de Campina, Poço e Camboinha.

Segurança reforçada

Viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal estavam circulando pelas ruas do Poço e Camboinha. O comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, major Kelton Pontes, já está com planos de segurança nas áreas. O secretário de Segurança de Cabedelo, Isaías Vieira, informou que a Guarda Municipal está atuando, desde de dezembro, com efetivo aumentado em 50% .

Relacionadas