terça, 16 de julho de 2019
Cidades
Compartilhar:

Morador que fizer ligação clandestina de esgoto será multado

Lucilene Meireles / 06 de abril de 2019
Foto: Assuero Lima
Os moradores flagrados com ligações clandestinas de esgoto no bairro José Américo que não retirarem os ramais indevidos, serão multados novamente. O aviso é da Secretaria de Meio Ambiente (Semam) que, em parceria com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), está fiscalizando a situação no bairro. Estes moradores devem fazer a adequação imediata. Caso a situação persista na nova fiscalização, eles serão autuados pela Semam e o ramal será tamponado pela Cagepa, serviço que deve ser feito nos próximos 15 dias.

Mesmo notificados e multados pela Secretaria de Meio Ambiente de João Pessoa (Semam) ao serem flagrados com ligações clandestinas, alguns moradores do bairro José Américo continuam despejando esgotos na rede que ainda não foi concluída. Quem trabalha ou mora próximo aos bueiros tem sofrido com o mau cheiro e a sujeira escorrendo pela Avenida Rosa Paula Barbosa. A via, que tinha um bloqueio parcial desde o último sábado, dia 30, foi totalmente interditadanesta quinta-feira, dia 4, como forma de protesto da população.

A orientação da Semam e da Cagepa é que os esgotos ligados de forma irregular sejam desviados para fossas sépticas enquanto a obra da estação elevatória não é concluída. A Semam alertou que os moradores que continuarem poluindo, jogando esgotos, vão receber nova multa até que construam as fossas sépticas nas casas ou estabelecimentos.

Hortêncio Morais, que tem uma barbearia na rua, disse que nada foi resolvido, mesmo com multa. “Nossa expectativa é que algum responsável venha aqui e resolva o caso. Realizamos uma manifestação na quinta e fechamos a via com aterro. O mau cheiro diminuiu, mas queremos tocar o coração dos órgãos públicos. Até que concluam a parte que falta do serviço, fica complicado para nós”, declarou. Michael Santos da Silva, funcionário de um pet shop, disse não havia outro jeito a não ser fechar tudo. “Fizemos isso porque esta foi a única forma que encontramos de chamar a atenção dos responsáveis”, acrescentou.

R$ 2 mil



Foi o valor da multa aplicada a cada usuário que realizou ligações clandestinas de esgoto no José Américo. Este é o valor mínimo, mas a multa da Semam pode chegar a R$ R500 mil para quem comete crime ambiental.

AV. BOTTO DE MENEZES



Começou a ser liberado ontem à tarde o trecho da Avenida Botto de Menezes, na altura da lombada eletrônica, que estava interditado desde o início da tarde da última quinta-feira, após parte do asfalto ceder devido a um problema na rede de esgoto da Cagepa. A via é o acesso mais rápido do Centro aos bairros de Mandacaru, Padre Zé, Manaíra e Bessa e a localidade estava registrando congestionamento por conta da quantidade de veículos que precisavam de vias alternativas para desvio. O trecho da avenida foi liberado após a Cagepa conseguir solucionar o problema com a rede de esgoto.

Relacionadas