quarta, 17 de julho de 2019
Cidades
Compartilhar:

Mesmo com placas de advertência, banhistas se arriscam em trechos de praias ‘proibidos’

Bárbara Wanderley / 16 de janeiro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
Várias placas vermelhas na calçadinha indicam que a praia está imprópria para o banho e, no entanto, há várias pessoas na água. A cena ocorreu na praia de Manaíra, na manhã dessa segunda-feira (15), mas costuma se repetir em diversas outras praias da Grande João Pessoa, principalmente no Verão. Quem ignora o alerta está colocando em risco a saúde.

“Nós não vimos a placa e quando a gente chegou não estava assim, mas depois um senhor abriu o ‘esgoto’ e ficou o mau cheiro”, disse o maître Amilton Lunguinho da Silva, que estava na praia com a família, referindo-se à galeria pluvial da área.

A aposentada Lindete da Silva Ferreira, que estava na praia com parentes de Recife (PE) e São Paulo (SP), afirmou que ninguém entrou na água e, ao sentir o mau cheiro, a família decidiu inclusive sair da areia. “Não gosto de tomar banho nessa área, já conheço onde é bom e onde é ruim”, disse ela.

Semanalmente, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) divulga a situação de balneabilidade de 56 praias da Paraíba. O relatório é divulgado pela internet, e também há placas indicativas nas praias.

A Superintendência recomenda aos banhistas que evitem os trechos localizados em áreas frontais a desembocaduras de galerias de águas pluviais, principalmente se houver indício de escoamento recente.

Relacionadas