segunda, 23 de outubro de 2017
Cidades
Compartilhar:

Mercado Público, local onde se encontra de tudo

Ellyka Akemy / 27 de março de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
Tradicional por oferecer frutas, legumes e verduras mais baratos que outros estabelecimentos, o Mercado Central reúne uma variedade de outros produtos, alguns bem peculiares, que não são encontrados com facilidade em outros pontos da Capital. Por lá ainda é possível encontrar lampião, pilão, chocalho de boi, gaiola para capturar rato... E acredite há quem compre esses produtos. Na parte de cereais, contamos mais de sete tipos de feijão e cinco de fava diferentes. Pertinho achamos uma grande variedade de ervas medicinais que recebem nomes curiosos como: favela, barbatimão, espinheira santa, mulungu, papaconha e sucupira.

Embora não fique na parte mais movimentada do mercado, o ponto do comerciante, Arlindo de Araújo, de 40 anos, fica constantemente cheio de clientes, que vão até lá a procura das mais diversas ervas medicinais para fazer chá. O conhecimento com relação às plantas e seus benefícios foi aprendido com os pais, Valdomiro Araújo e Francisca Antônia - os primeiros donos do estabelecimento.

“Mulungu é para quem tem insônia, a espinheira santa é para dor no estômago, refluxo, gastrite, essas coisas... O cajueiro roxo, sucupira e o barbatimão são bons antiinflamatórios. O chá de favela é indicado para quem tem atrite e artrose e a papaconha é expectorante”, explicou.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas