segunda, 10 de maio de 2021

Meio Ambiente
Compartilhar:

Incêndio atinge três cidades do Sertão da Paraíba

Renata Fabrício / 23 de novembro de 2018
Foto: Divulgação
Entra para o nono dia um incêndio em áreas de zona rural nas cidades de Diamante, São José de Caiana e Itaporanga, no Sertão do Estado. Até o início da noite dessa quinta-feira (22), equipes com quatro viaturas dos Bombeiros ainda não haviam retornado da zona rural para o Batalhão de Itaporanga e continuavam tentando controlar o fogo que já dura mais de uma semana. A previsão inicial é de que mais de 2 mil hectares de terra tenham sido queimados.

Em entrevista ao Correio Verdade, no início da tarde desta quinta-feira (22), o tenente coronel Saulo Laurentino, informal que as equipes estão com dificuldade em controlar o fogo, tanto pelas condições climáticas quanto pela dificuldade em acessar alguns locais. “Dificilmente conseguiremos controlar esse fogo hoje. É uma área muito extensa e de difícil acesso. Nossas viaturas com maior capacidade de água não conseguem chegar aos locais, o que faz com que nossos homens andem por muitos quilômetros de mata para chegar até os focos. É uma situação complicada. Aliado a isso, as altas temperaturas e umidade muito baixa são fatores que facilitam a propagação do fogo”, explicou.

O fogo atinge áreas situadas no Vale do Piancó, Alto Sertão da Paraíba. “Estamos no Vale do Piancó, em uma comunidade que pertence ao município de Diamante. Só que o fogo queima em áreas de três municípios diferentes e afeta as zonas rurais de São José de Caiana, Itaporanga e Diamante. O risco maior é para as comunidades rurais. E tanto para animais de grande porte como para a palma local há um risco muito grande. Estima-se que cerca de dois mil hectares já foram queimados. É uma área de serra complicada e as condições climáticas não ajudam. Estamos com falta de acesso e de suporte. Nós já presenciamos algumas comunidades com prejuízo significativo e a operação continua sem previsão para termino”, informou.

Relacionadas