quinta, 19 de outubro de 2017
Cidades
Compartilhar:

Mais um mosquito que mata: o transmissor do calazar coloca saúde em alerta

Lucilene Meireles / 16 de março de 2016
Foto: Divulgação
A transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito fêmea infectado. Em tempos de epidemia de dengue, zika e chikungunya, doenças transmitidas pelo ‘famoso’ Aedes aegipyti, a população (principalmente quem mora perto de matas) deve redobrar os cuidados também em relação ao mosquito-palha.

Ele é o transmissor da leishmaniose, também conhecida por calazar, uma zoonose que não tem cura nos animais. Nos seres humanos, evolui para morte em 90% dos casos, se não for tratada, segundo o Ministério da Saúde. Na Paraíba, um óbito foi confirmado este ano, no município de Campina Grande.

A veterinária do Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses de João Pessoa, Suely Ruth Silva, disse que frutas e folhas em decomposição são o ambiente ideal para eles. “Para fazer a postura dos ovos, o mosquito fêmea se alimenta de sangue animal ou humano. Nesse contato, pode haver a transmissão, se o mosquito estiver infectado”, explicou.

Ela ressaltou que o Centro de Zoonoses realiza o teste rápido para confirmar se os cães têm a doença. Se o resultado for positivo, a amostra de sangue é encaminhada ao Laboratório Central do Estado (Lacen) para uma análise mais apurada. Caso a doença realmente seja confirmada, a orientação é sacrificar o animal, mas conforme a veterinária, há proprietários que recusam o procedimento. “O animal vai para casa e serve como fonte de infecção para o mosquito. O risco é transmitir para outros animais ou pessoas, principalmente crianças e idosos ou quem tem baixa imunidade”, alertou.

O uso de uma coleira que possui repelente, segundo ela, ajuda a afastar o mosquito, mas ela deve ser trocada a cada três meses. O acessório custa em torno de R$ 100.

O Ciclo. Transmissão do calazar

A leishmaniose é uma doença que afeta animais, mas pode ser transmitida ao homem.



  • A fêmea do mosquito contaminada pelo parasita causador da doença pica o animal e o infecta


  • O animal (o cão é o mais comum)desenvolve o parasita. Um mosquito pica o cão e se contamina com a forma madura do micro-organismo.


  • O mosquito contaminado pica o homem  e o contamina.




Sintomas

Febre baixa e persistente

Anemia

Perda de peso

Infecções

Falta de apetite

Hemorragias

Relacionadas