terça, 20 de outubro de 2020

Luto
Compartilhar:

Cantor Charles Bradley morre aos 68 anos; músico viria para o Rock in Rio

Bárbara Wanderley / 23 de setembro de 2017
Foto: Reprodução / Instagram
O cantor americano Charles Bradley morreu de câncer neste sábado (23) aos 68 anos. Ele havia sido diagnosticado com câncer no estômago no ano passado, e chegou a confirmar uma apresentação no Rock in Rio, mas cancelou todos os seus shows no início do mês, após descobrir uma metástase no fígado. No festival, ele foi substituído pelos brasileiros Rael e Elza Soares.

A morte foi anunciada nas redes sociais oficiais do artista. "É com o coração pesado que anunciamos a passagem de Charles. O senhor Bradley era verdadeiramente grato por todo o amor que recebia de seus fãs, e nós esperamos que a mensagem de amor dele seja lembrada e passada adiante. Obrigado pelos pensamentos e orações durante este período difícil", escreveu a equipe do cantor, que pediu que em vez de flores os fãs façam doações à instituições All-Stars Project e Music Unites.

Nascido em Gainesville, na Flórida, o cantor é tema do documentário “Soul of America”, lançado em 2012. A carreira de Bradley começou no Brooklyn, nos anos 90, período em que  se apresentava como sósia de James Brown com o nome de Black Velvet. Em 2002 começou a escrever canções próprias, mas o álbum de estréia, chamado “No time for dreaming”, só veio em 2011. O segundo disco, “Victim of Love”, foi lançado em 2013.

Relacionadas