sexta, 18 de outubro de 2019
Litoral
Compartilhar:

Tambaba se torna o primeiro espaço de naturismo legalizado do hemisfério sul

Bárbara Wanderley / 04 de julho de 2018
Foto: Reprodução
A praia de Tambaba, localizada no litoral sul da Paraíba, no município do Conde, na Grande João Pessoa, se tornará o primeiro espaço naturista legalizado do hemisfério sul. O primeiro passo para isso foi dado com a assinatura pelo governador do Estado, Ricardo Coutinho, do Decreto de Criação da Área de Especial Interesse Turístico e Ecológico para a prática do naturismo em Tambaba, publicado nessa terça-feira (3) no Diário Oficial.

A iniciativa deverá atrair turistas adeptos do naturismo de todas as partes do mundo. “Só há espaços naturistas no hemisfério norte, e eles fecham durante o inverno de lá, que corresponde ao nosso verão aqui”, explicou o secretário executivo de Turismo da Paraíba, Ivan Burity.

Segundo Ivan, a praia de Tambaba já era classificada como Área de Proteção Ambiental (APA), mas a ausência de um plano de manejo impedia o desenvolvimento da região. Além disso, havia uma insegurança jurídica, uma vez que a lei que permitia a prática do naturismo no local era municipal. O secretário esclareceu que toda a área privada em terra, que vai “desde o pé da ladeira até a pedra do Cachorro” foi doada à Federação Brasileira de Naturismo.

O decreto também cria um conselho, que ficará responsável por propor as medidas legais e administrativas necessárias para garantir o funcionamento seguro, harmonioso e ambientalmente sustentável, sempre em consonância com as normas internacionais para a prática do Naturismo.

O Conselho será composto por um representante, titular e suplente, das seguintes entidades estaduais: Secretaria Executiva do Turismo, Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Batalhão de Polícia Ambiental. Entidades municipais do Conde: Secretaria de Turismo, Secretaria de Planejamento e Guarda Municipal. Representantes da Sociedade Civil Organizada: Federação Brasileira de Naturismo; Entidade paraibana federada de apoio ao naturismo; Entidade que represente os comerciantes estabelecidos na área objeto deste decreto.

Infraestrutura

Ivan Burity contou que existem várias ideias para melhorar a recepção aos turistas na área, como a criação de uma pequena praça de alimentação e talvez uma pousada de pequeno porte, tudo com o cuidado de não interferir de forma negativa no meio ambiente. “São ideias, mas tudo vai depender ainda das reuniões do Conselho”.

Relacionadas