quarta, 19 de dezembro de 2018
Litoral
Compartilhar:

Sensação térmica em João Pessoa pode chegar a 38º

Lucilene Meireles / 23 de outubro de 2018
Foto: Assuero Lima
Sombrinhas, roupas leves, muita água e sorvete. Os paliativos são para driblar o calor dos últimos dias em todo o Estado, mas nem sempre resolvem. E o pior, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a tendência é de temperaturas altas até o final do Verão. No Sertão, os termômetros poderão alcança r 40ºC, com sensação térmica de até 47ºC. O último domingo foi o dia mais quente do ano na Paraíba, com registro de 37,6ºC na cidade de Patos.

“A temperatura subiu bastante, mas esse calor é normal até meados de dezembro. E vai ficar mais quente, se não chover até o Verão, no início de janeiro, no Sertão e, no Litoral, até o início de março e abril”, afirmou o chefe da seção de Previsão do Tempo do Inmet, Ednaldo Araújo.

Até meados de dezembro a janeiro, segundo ele, a temperatura vai chegar a 40ºC na estação meteorológica (onde é feita a medição), na área do Sertão, Curimataú.

“A sensação térmica fica em torno de 45ºC e 47ºC”, destacou. Já na área de Campina Grande, poderá ser registrada temperatura de até 35ºC em algum dia, conforme Ednaldo Araújo.

No Cariri, a sensação térmica fica entre 37ºC e 38ºC. Já na Capital paraibana, a temperatura pode chegar a 33ºC em alguns dias até meados de abril, na estação e, no Centro, entre 37ºC e 38ºC. “Em João Pessoa, ainda nem esquentou”, disse.

Madrugadas quentes

Nessa época, aumenta a temperatura máxima e também a mínima. “Vamos sair de uma mínima entre 20ºC e 22ºC para 24ºC a 27ºC durante a madrugada em algum dia. Está começando o período mais quente na Paraíba”, avisou Ednaldo Araújo.

E vai ficar muito quente até meados de janeiro no interior e, na Capital, até março a abril. “Se começar a chover, e a tendência é de pouca chuva, será ainda mais quente. E é quente porque choveu desordenadamente. No período que se esperava chover, não ocorreu a chuva. Um exemplo é no Litoral onde não teve chuva. Aí, é mais quente”, constatou.

A dica do meteorologista é que as pessoas tomem bastante líquido para evitar a desidratação e se exponham o mínimo possível ao sol.

Relacionadas