sábado, 18 de novembro de 2017
Cidades
Compartilhar:

Ken? O boneco humano da Paraíba vive em Bananeiras

Haryanne Arruda / 31 de outubro de 2015
Foto: Divulgação
O Jornal JÁ, do Sistema Correio, conversou com exclusividade com o jovem. Ele conta que o impulso inicial para a mudança no visual começou em maio. Carlos José da Silva Cavalcanti – que mora em Bananeiras, no Brejo – começou, este ano, a colocar em prática um sonho antigo: o de ser reconhecido como o ‘Ken Humano’ paraibano. “Quero ser o Ken paraibano porque me acham parecido com Celso Santebanes, o Ken humano brasileiro que morreu em junho deste ano. Sou fã dos bonecos e, mesmo não tendo tido a oportunidade de conhecer Celso pessoalmente, ele me despertou essa vontade”, disse Carlos.

Em maio deste ano ele percebeu que queria se renovar, mudar a aparência e recuperar a autoestima perdida há alguns anos. “Certo dia sentei na minha cama e falei com Deus. Pedi pra ele algo que me renovasse. Não aguentava mais sofrer. Depois de ter passado várias noites em claro, dormi e sonhei com coisas lindas que poderiam mudar minha vida”, lembra o rapaz.

A semelhança com o namorado da Barbie é tão grande que ele se gaba em não ter feito plásticas, aos 21 anos. “Não fiz nada no meu corpo, além de um clareamento de pele e um peeling. Apenas pintei o cabelo”, explica o Ken Humano paraibano, acrescentando que seu ritual de beleza inclui máscara para a esfoliação da pele, creme para limpeza dos poros, hidratação profunda capilar e maquiagens especiais.

Ser o primeiro boneco humano paraibano está deixando Carlos bem feliz. “Sinto-me honrado e feliz por ser o primeiro boneco paraibano. Poderei levar o nome da Paraíba para outros estados. Para onde eu for levarei comigo a garra dos paraibanos, a nobreza, a simplicidade e o amor por esse estado lindo”, afirmou o rapaz.

Relacionadas