segunda, 20 de maio de 2019
Cidades
Compartilhar:

JP tem pontos críticos de congestionamento e nem todos têm alternativa

Ainoã Geminiano / 30 de março de 2019
Foto: Assuero Lima
João Pessoa tem nove pontos críticos de engarrafamentos diários, segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e nem todos têm rota alternativa viável que permita o motorista fugir da lentidão.

Os congestionamentos acontecem pelo menos duas vezes ao dia, no início da manhã e no final da tarde, obrigando os condutores a tentarem malabarismos para não ficar presos. Até o fechamento desta edição, não havia um posicionamento da Secretaria de Planejamento sobre a existência de projetos de intervenção nos gargalos do trânsito.

Em uma relação de pontos de engarrafamento, a Semob elencou os nove locais, apontando rotas alternativas para cada um deles. Mas, em alguns trechos, como principal dos Bancários, a rota alternativa apontada, que é conhecida como “3 ruas dos Bancários” retorna para o congestionamento e não funciona como solução. No caso do Viaduto do Cristo, que concentra várias de congestionamento, a Semob aponta rota alternativa apenas para duas delas. Que vem do Cristo para José Américo ou Mangabeira, não tem saída a não ser o engarrafamento.

Foi o que relatou a cabeleireira Camila Ribeiro, que mora no José Américo e precisa passar pelo viaduto pelos menos quatro vezes por dia, indo e voltado para o local de trabalho.

“Como eu moro logo aqui atrás da prefeitura, quando venho do Centro eu pego a via da frente do Centro Administrativo Municipal (CAM), contorno e chego aqui nas ruas. Pra sair eu vou contado pelas ruas atrás da prefeitura”, relatou.

Mesmo com esses desvios, Camila e os demais moradores não se livram completamente dos congestionamentos da região, porque precisam usar as vias de acesso ao viaduto para chegar na BR-230 e seguir.

Como paliativo, a Semob designa agentes de mobilidade urbana nos horários de pico, para orientar fazer uma operação manual na primeira rotatória do José Américo, alternando a permissão de passagem dos veículos para liberar a via que estiver mais cheia. O funcionário público Fernando Tito, que trabalha em Marés e mora no José Américo, precisando passar pelo Viaduto do Cristo todos os dias, defende a construção de mais um viaduto, que substituísse a rotatória da entrada do bairro. “Acho que é a única solução que dá pra imaginar. Acabaria com essa retenção da rotatória, permitindo que quem vem do Sonrrisal (apelo do Viaduto do Cristo) passe direto para a principal do José Américo, sem parar”, disse.

No bairro dos Bancários, o técnico de manutenção Gerônimo Leite usar o horário para tentar fugir do problema. “Aqui não tem pra onde fugir. Só tem uma saída que dá acesso à UFPB e de lá para a Pedro II. Se tentar sair para a BR-230, as ruas que dão acesso à rodovia também ficam congestionadas nos horários de pico. Então o jeito é mudar o horário de sair de casa, embora eu chegue cedo demais no trabalho. É chegar cedo demais ou ficar no engarrafamento e chegar muito atrasado”, reclamou.

Projetos



A assessoria de imprensa da Semob informou que a superintendência não é responsável por planejar soluções para o problema, o que fica na atribuição da Secretaria de Planejamento. Até o fechamento desta edição, a reportagem não conseguiu contato com a secretária Daniella Bandeira, do Planejamento, para saber da existência de projetos viários, nos locais de congestionamento.

Pontos de congestionamentos monitorados pela Semob



R. Empresário João Rodrigues Alves (Em frente ao Equilíbrio do Ser)

Alternativa: 3 ruas dos Bancários

Praça Napoleão Laureano (Em frente à CBTU)

Alternativa: Rua Rosário Di Lorenzo

R. Brasilino Alves da Nóbrega (Ladeira do Valentina)

Alternativa: PB 008 Nova Mangabeira

Av. Epitácio Pessoa (Em frente ao Colégio Lourdinas)

Alternativa: Avenida Marechal Deodoro da Fonseca

Av. Caetano Filgueiras (Próximo à Avenida Beira-Rio)

Alternativa: Avenida Beira-Rio

Lateral do CAM

Alternativa: Rua Agostinho Fonseca (Por trás do CAM)

Viaduto do Cristo (Lateral da transnacional)

Alternativa: BR-230 para quem vai nos sentidos Geisel ou Bancários

Av. Ruy Barbosa x Av. Manoel Deodato

Alternativa: Avenida Santa Júlia

Rua Valdemar Naziazeno (Próximo a Central de Polícia)

Alternativa: Rua Motorista Aldivâandro Amâncio

Relacionadas