terça, 24 de abril de 2018
João Pessoa
Compartilhar:

Semam registra 1,8 mil denúncias de poluição sonora de janeiro a julho deste ano

katiana Ramos / 22 de agosto de 2017
Foto: Rafael Passos
O barulho de som de veículos, carros de som e de casas de shows e espetáculo foram responsáveis pelas 1.819 denúncias recebidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam) de João Pessoa, de janeiro a julho deste ano. Os ruídos incomodam e são mais recorrentes em ruas com movimentação comercial, onde o apelo pela divulgação de promoções é feito em alto e bom som, em via pública. “A situação dos ‘paredões de som’ nós conseguimos reduzir significativamente em João Pessoa. O que estamos combatemos mais fortemente é a colocação de caixas de som em frente aos estabelecimentos. Para quem só passa não é prejudicial, mas os funcionários das lojas que ficam o dia inteiro ouvindo esse ruído?”, declarou o chefe de Fiscalização da Semam, Allison Cavalcanti.

Para combater o exagero dos comerciantes, o chefe de fiscalização adiantou ainda que a Secretaria vai fazer uma força-tarefa em parceria com a Promotoria do Meio Ambiente da Capital para combater a prática da poluição sonora.

Bares. Ainda entre as denúncias que chegam a Semam relacionadas a poluição sonora estão os proprietários de bares. Conforme Allison Cavalcanti, os bairros da Zona Sul e orla lideram as ocorrências. “Essa situação nos bares também configura perturbação do sossego”, alertou.

Lei. A emissão sonora é permitida considerando a área, de acordo com o Código Municipal de Meio Ambiente, pelo Decreto nº 4.793, de 21 de abril de 2003.

Para denunciar

0800 281 9208

3218 - 9208 (de domingo a quinta, das 7h as 22h; sexta e sábado, das 7h as 2h)

Relacionadas