quinta, 27 de junho de 2019
João Pessoa
Compartilhar:

Quinze brinquedos interditados pelos Bombeiros na Festa das Neves

Bruna Vieira / 03 de agosto de 2016
Foto: Assuero Lima
Equipes do Corpo de Bombeiros Militar fizeram vistoria ontem nas instalações e equipamentos da Festa das Neves. Quinze dos 40 brinquedos foram interditados e foi detectado problemas na fiação elétrica das barracas de comidas e bebidas. No início da manhã, houve tumulto com os ambulantes que não aceitaram o local indicado pela Prefeitura e foram removidos por agentes de Controle Urbano.

Segundo o capitão Marcone Osório, da Diretoria de Atividades Técnicas dos Bombeiros, todas a área de comida, bebida e parques foram verificadas. “Para cada lote de 20 barracas é necessário um extintor de incêndio e isso estava correto. Já a fiação das barracas de comidas e bebidas estava desprotegida, não estavam dentro do conduíte. E pelo menos dois parques foram interditados.

Tumulto. Fabiana Batista disse o motivo de não ter aceitado a decisão da Prefeitura, quanto à localização das barracas: “Vendo maçã do amor, a gente tem que estar perto do parque, onde as pessoas estão. Lá embaixo não vai ninguém, não vende. São 20 famílias prejudicadas”.

A assessoria de imprensa da Sedurb disse que os comerciantes assinaram um termo se comprometendo a cumprir a disposição das barracas e as restrições do espaço.

Festa começa hoje

Sucessos como ‘Desculpa aí’, ‘Infiel’ e ‘Alô porteiro’ embalam o show que o cantor Adriano Costa preparou para a primeira noite da Festa das Neves, padroeira da Capital. A apresentação será no Pavilhão armado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) no Ponto de Cem Réis.

Às 21h, Adriano e banda sobem ao palco para fazer o público dançar agarradinho ao som de um brega romântico, um arrocha e até uma boa dose de forró, mesclando sucessos de Pablo, Marília Mendonça e Conde do Brega.

“O ponto alto do show ainda é ‘Não devo nada a ninguém’, eternizada na voz do Conde do Brega e regravada por mim três anos atrás. Essa não pode faltar no repertório nunca”, comenta o pessoense Adriano Costa, um dos fundadores da banda Encantu’s.

Relacionadas