domingo, 19 de novembro de 2017
João Pessoa
Compartilhar:

Operação apreende 39 aves silvestres e até beija-flor sendo comercializado em Oitizeiro

Secom-PB / 19 de outubro de 2015
Foto: Arquivo
O Batalhão de Polícia Ambiental resgatou 39 aves silvestres e apreendeu várias gaiolas e armadilhas utilizadas por caçadores para capturar os bichos, durante operação de combate ao comércio ilegal de animais realizada nesse domingo (18), na feira de Oitizeiro, em João Pessoa. Entre as 14 espécies apreendidas, estava o beija-flor, animal que é conhecido por se alimentar do néctar do interior das flores, sendo um importante agente polinizador porque tem o ‘dom’ da natureza de levar - com o próprio bico - grãos de pólen de uma flor para outra.

Na ação, que contou com mais de 15 policiais, quatro pessoas foram conduzidas até a delegacia e multadas no valor de R$ 500 por ave. Além do beija-flor, as espécies apreendidas na operação foram galo de campina, sibito, gaturamo, caboclo-linho, tuim, papa-capim, golado, sanhaçu, beija-flor, cravina, sabiá, canário da terra e azulão.

Na semana passada, foram apreendidas sete espingardas e resgatadas seis aves silvestres em uma ação realizada na zona rural de Piancó, no Sertão da Paraíba.

O comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, major Tibério Pereira, adiantou que o combate ao comércio ilegal de aves irá continuar intensificado na Paraíba. “São operações que estamos desencadeando em todo Estado com o objetivo de combater este comércio ilegal de aves silvestres, que coloca em risco de desaparecer várias espécies da fauna brasileira”, destacou.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas