quinta, 04 de março de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

O preço do vandalismo: ação criminosa gera prejuízo de R$ 500 mil em João Pessoa

Redação com Secom-JP / 29 de setembro de 2015
Foto: Secom-JP
A ação criminosa de vândalos em locais públicos de João Pessoa gerou um prejuízo de R$ 500 mil aos cofres da cidade, em um ano, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). De acordo com o Artigo 163 do Código Penal Brasileiro, praticar vandalismo é crime com pena prevista de um a seis meses de detenção e multa.

Conforme os dados da Sedurb, de agosto de 2014 até setembro deste ano, a foi feita a manutenção de mais de 80 espaços públicos em diferentes bairros, o que resultou no gasto de meio milhão de reais.

Pichações, equipamentos de ginástica quebrados e alambrados danificados são alguns dos exemplos mais comuns pertinentes ao vandalismo desses espaços públicos. Somente na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, a Sedurb realizou seis intervenções nesse período. Além da Praça da Paz, os locais mais comuns são: Praça do Coqueiral, em Mangabeira; Praça do Caju, no Bessa; e Praça Tiradentes, na Torre.

“Diariamente, as equipes de manutenção da Sedurb estão nas praças públicas realizando diversos serviços, como pintura da alvenaria e a recuperação dos bancos, calçadas e brinquedos”, afirmou o secretário Hildevânio Macedo, que faz um apelo a população para auxiliar a Prefeitura a manter os espaços limpos. “São gastos que poderiam ser evitados se o cidadão não destruísse o patrimônio público”, revelou.

Disque denúncia – A Secretaria de Desenvolvimento Urbano mantém um número de telefone de contato caso a população queira denunciar algum ato de vandalismo ou se a praça precisa de algum tipo de reparo. Quem precisar entrar em contato com a Sedurb, o número é o 3214-4907 e funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Lixeiras – A Prefeitura Municipal de João Pessoa também contabiliza prejuízo com as lixeiras em diversos pontos da cidade. Segundo a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), cada lixeira tem um custo que varia entre R$ 20 e R$ 30. Para solicitar reparo nas lixeiras, o cidadão deve entrar em contato com a Emlur através do telefone do Alô Limpinho: 0800-0832425.

Patrimônio Histórico – Já para denúncias relacionadas a pichações de prédios públicos, o cidadão deve entrar em contato com a Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa (Copac-JP) através do número 3214-3206. O órgão tem a finalidade de preservar os bens materiais e imateriais, públicos e privados de interesse histórico, artístico, urbanístico, paisagístico, arquitetônico e arqueológico da Capital paraibana.

Relacionadas