sábado, 23 de março de 2019
João Pessoa
Compartilhar:

Numeração confusa em imóveis do Bessa atrapalha entregas

Aline Martins / 16 de junho de 2018
Foto: Assuero Lima
Se o motoboy ou o carteiro for novato na área ou mesmo não usar equipamentos de localização como GPS vai ter dificuldades de entregar a encomenda em uma das casas ou condomínios residenciais localizados na Avenida Argemiro de Figueiredo, no bairro do Bessa, em João Pessoa. O motivo é que os imóveis estão numerados aleatoriamente, o que faz muitos entregadores percorrem metros ou quilômetros até chegar ao destino final. Há situações em que a casa tem número 800, o vizinho do lado direito é 2575 e o esquerdo, 2605. Casos rotineiros como esses ocorrem em vários trechos dessa via de intenso fluxo.

Para os estabelecimentos comerciais, a numeração acaba não sendo problema, pois a identificação ocorre mais pelos nomes. No primeiro quarteirão da via com início no fim da Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra) existe uma sequência numérica padrão, porém, a partir do segundo quarteirão a mudança se torna mais perceptível no restante da via. “Como é uma escola, o pessoal identifica mais pelo nome do que pelo número. Talvez quem tem casa perceba mais essa dificuldade”, citou uma das coordenadores de uma unidade de ensino, Glaucir Videlis.

Nos edifícios, quem mais observa essa dificuldade de localização dos imóveis são os porteiros, pois eles acabam se tornando os orientadores dos entregadores. “É frequente os motoboys, entregadores de pizza me pedirem informações de como achar um local. Eles ficam totalmente perdidos. Eles ficam rodando a rua toda até encontrar. É muito complicado e complicador até no trânsito”, comentou o porteiro Ênio Martins, acrescentando que para os usuários de aplicativos de localização fica mais fácil encontrar os pontos por conta do sistema via satélite.

População pode solicitar a mudança

O engenheiro do setor de Habite-se da Secretaria de Planejamento de João Pessoa (Seplan), Gilson Morais, explicou que em relação à Avenida Argemiro de Figueiredo, as casas na década de 1980 começaram a existir a partir do cruzamento com a Avenida Rui Carneiro, seguindo em linha reta e em via única passando pelo Retão de Manaíra até finalmente chegar a Argemiro de Figueiredo. Por conta disso, as residências antigas tem numerações baixas onde deveriam ser altas e vice-versa.

“As casas têm uma numeração mais baixa no começo da avenida. Depois como houve um remanejamento das casas, a numeração mudou e tem uns números mais altos”, frisou, destacando que com os novos imóveis que estão surgindo está sendo feita essa padronização por parte do órgão. No entanto, destacou que se for interesse do proprietário, pode-se fazer essa alteração dos números por meio de uma certidão na Seplan após pagamento de uma taxa que varia de R$ 30 a R$ 35.

Problema é comum em vários bairros de João Pessoa

A numeração irregular ou a falta dela são alguns problemas enfrentados pelos carteiros na cidade de João Pessoa na hora da entrega das correspondências e encomendas. De acordo com a Empresa de Correios e Telégrafos, a numeração irregular impacta negativamente na produtividade do carteiro, pois dificulta o ordenamento das correspondências e encomendas na sequência de entrega, assim como pode gerar demora na localização da residência, necessitando até passar mais de uma vez pelo logradouro.  Também aumenta o risco de devolução de objeto por não identificação do número da residência.

Ainda de acordo com os Correios, na capital paraibana existem diversos logradouros com numeração irregular a exemplo das avenidas José Américo de Almeida, Cabo Branco, Ruy Carneiro e as ruas Fernando Luiz Henrique e Nossa Senhora dos Navegantes. Também existem locais com numerações duplicadas, em que o um mesmo número é atribuído a mais de uma casa.  Isso é considerado ainda mais grave, pois pode ensejar em entrega indevida. Esses problemas causam impactos não apenas para os Correios, mas para qualquer pessoa ou empresa que necessite fazer uma entrega ou visita a uma residência, gerando inclusive impacto no trânsito, quer pelo fato da pessoa transitar mais lentamente procurando encontrar a residência, quer pelo fato de necessitar passar mais de uma vez pelo mesmo local.

Relacionadas