quarta, 21 de agosto de 2019
João Pessoa
Compartilhar:

Novas mudanças na Lagoa para acabar com congestionamento

Ana Daniela Aragão / 26 de outubro de 2016
Foto: Divulgação
O trânsito no anel externo do Parque Solon de Lucena, em João Pessoa, deve passar por alterações até o fim do ano. Uma das mudanças será a criação de mais uma faixa exclusiva para transportes coletivos. O superintendente de Mobilidade Urbana de João Pessoa, Carlos Batinga, afirmou que o projeto prevê melhorias no embarque e desembarque de passageiros dos ônibus e reconheceu que há congestionamento na área.

Batinga declarou que o trânsito na área fica intenso no período das 16h30 e às 18h30, todos os dias, entre a loja C&A e antiga Esplanada. “Criou-se uma fila extensa de ônibus no local dentro das plataformas e o fluxo de pessoas ficou intenso. A situação precisa ser melhorada”, disse.

Para tentar desafogar o trânsito, uma nova faixa exclusiva para ônibus vai ser criada a partir da parada que fica nas proximidades do Bradesco Seguros e seguirá até a Miguel Couto, para que os coletivos passem por fora das plataformas. “A faixa vai ser onde hoje os carros passam. A faixa vai ser feita rente as plataformas. Os ônibus desta parada que fazem as linhas intermunicipais de Alhandra, Cabedelo, Conde, Jacumã, etc, não precisarão passar mais nas plataformas”, disse.

As paradas não mudarão de l ugar, mas Batinga afirmou que podem acontecer mudanças na distribuição das linhas de ônibus.

Acesso às paradas. Outra mudança será no acesso de passageiros às paradas. Atualmente, existem dois semáforos próximos um do outro e duas faixas de pedestre. “Queremos deixar apenas um semáforo, maior e mais central, no meio das plataformas. A faixa implantada será elevada”, disse.

O superintendente informou que uma reunião será realizada amanhã para definir outros detalhes do projeto e preparar o cronograma das obras.

O novo Parque da Lagoa Solon de Lucena foi inaugurado no dia 12 de junho deste ano. A obra foi dividida em três fases. A primeira foi a construção de um túnel para o escoamento das águas da Lagoa até as galerias pluviais e, de lá, ao Rio Sanhauá. Em paralelo, foram construídos o muro de contenção que contorna o espelho d’água e um anel sanitário para impedir o despejo de esgotos na Lagoa. A terceira etapa foi a de paisagismo e construção dos equipamentos do Parque. Além disso, o anel externo foi ampliado.

O parque conta com 12 praças, ciclovia, pista de cooper, pista de skate com padrão internacional, área para esportes radicais, com slackline e parede de escalada, além de um deck harmonizado com o Cassino da Lagoa e 35 mil metros quadrados de passeios. O projeto teve investimento de R$ 38 milhões.

Na Pedro II

Carlos Batinga também afirmou que a Avenida Dom Pedro II ganhará uma faixa exclusiva de ônibus até o Jardim Botânico Benjamin Maranhão, a partir do mês de novembro. “Não será necessário fazer até a Universidade porque após o Jardim Botânico, há várias entradas que dão acesso à BR, então não seria viável. A ideia é antiga e passa pela última revisão”, disse o superintendente de Mobilidade Urbana de João Pessoa.

Relacionadas