quinta, 04 de março de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

Jornal Correio da Paraíba traz uma novidade no dia em que completa 64 anos de fundação

Aline Martins / 05 de agosto de 2017
Foto: Nalva Figueiredo
Renovação, crescimento, sustentabilidade e garantia para as gerações futuras. Pensando dessa forma, o Jornal Correio da Paraíba traz uma novidade no dia em que completa 64 anos de fundação assim como o Sistema Correio. Os assinantes receberão o impresso em suas residências e estabelecimentos comerciais uma cinta cheia de sementes que podem ser plantadas, contribuindo para manter cada vez mais o verde em nossa cidade e Estado. A cinta é inédita entre os impressos do Nordeste. Hoje, finalizando a programação em comemoração ao aniversário de 432 anos do município de João Pessoa, do Jornal e Sistema Correio, acontece a Manhã Ecológica, a partir das 9h, no Parque da Lagoa, no Centro de João Pessoa. Haverá distribuição de mudas e áreas de recreação para as crianças.

Para que uma árvore exista é necessária a germinação de uma semente. Elas representam o início do ciclo da vida e o jornal também faz parte de uma dessas etapas. “É a renovação da vida, é crescimento e sustentabilidade”, frisou a diretora Comercial, Glícia Rangel Colares. “O mais importante é que a gente vai homenagear o aniversário renovando a vida. É dando aos nossos assinantes a oportunidade de ajudar contribuir com a natureza”, disse, acrescentando que a cinta com sementes é uma ação inédita entre os impressos da Região Nordeste.

Ainda de acordo com a diretora Comercial, o Jornal Correio da Paraíba está com novos projetos. “Essas ações como a da cinta com sementes vem mostrar a vida do Jornal. É mostrar que ele está vivo, que ele está buscando se reinventar no sentido de projetos renovadores. É uma inovação de certa forma a gente oferecer isso. A gente está com projetos ainda para comemorar esse aniversário que é a revista sócio-ambiental que vai ser lançada este mês. O jornal vem com outros projetos ao longo de 2017 e 2018 já com a perspectiva d comemorar a grande boda de 65 anos”, revelou.

São 64 anos de uma história de sucesso e conta com uma equipe renomada e premiada em todos os seus veículos – TV, Portal, Jornal e Rádios. Todos os dias há uma busca por soluções para o cumprimento da cidadania e dos direitos da população, com o intuito de também tornar as pessoas vencedoras. O reconhecimento, através dos prêmios, reforça a qualidade e a força do Sistema Correio na produção jornalística e o comprometimento em abordar temas de interesse social, que contribuam para uma sociedade mais informada.

A diretora de Jornalismo do Sistema Correio e editora-geral do Jornal Correio da Paraíba, Sony Lacerda, destacou a importância histórica do Jornal – primeira empresa do Sistema – e também seu papel de levar sempre o melhor conteúdo jornalístico com qualidade para o leitor. “O compromisso e a qualidade com a informação do Jornal Correio, reforçam nossa credibilidade e fazem com que o Sistema venha conquistando o posto de um dos grupos mais premiados no País”, comentou.

Na Bica

Nas proximidades do lago, no Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), às 9h, será realizada a Manhã Ecológica onde será cumprido o Projeto Plante Uma Vida, criado pela Fundação Solidariedade – braço social do Sistema Correio – em 2012. Hoje serão plantadas 16 mudas em homenagem aos filhos de colaboradores nascidos no ano passado. Além disso, serão distribuídas mudas para a população que desejar e visitar a Bica. Neste sábado, o Jornal Correio da Paraíba chegará às residências dos assinantes com uma cinta cheia de sementes. Essa é uma novidade em comemoração aos 64 anos do Jornal Correio da Paraíba. Essas sementes também ser plantadas em casa e se preferir, pode ir a Bica, e também plantar nos locais indicados.

De acordo com o gerente de Marketing do Sistema Correio, Ricardo Ramos, além da distribuição de mudas, as crianças poderão brincar nos brinquedos infláveis. Também haverá distribuição de pipoca, doces e cremosinn. “Nada mais representa o futuro do que plantar uma árvore. Você pensa no futuro quando planta uma árvore porque isso é para as gerações futuras. São 64 anos, mas a gente pensa nesse legado que vai ser para sempre”, frisou.

Relacionadas