quinta, 04 de março de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

Golpistas usam e-mail do Hospital de Trauma de JP para roubar dados

Redação / 28 de setembro de 2015
Foto: Divulgação
A assessoria do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, esclareceu nesta segunda-feira (28), que não está mandando e-mail com informações bancarias e pede que qualquer informação com essa notificação seja desconsiderada. Mensagens falsas enviadas, a principio, somente para imprensa, estão circulando na internet, com anexos que podem instalar vírus que roubam dados e senhas no computador de quem os baixar.

Em uma das mensagens, os golpistas enviaram a imagem do que seria a cópia de um cheque com os dizeres “essa internet está horrível, só agora consegui enviar as cópias dos cheques. Não consegui enviar no seu WhastApp. Confirma o recebimento por e-mail”. Em outra, foram enviados fotos sem visualização disponível. Para conhecimento do e-mail, o internauta precisa clicar em cima do ícone de imagem em anexo. No entanto, recomenda-se que o procedimento não seja realizado, uma vez que um programa malicioso pode invadir o computador do usuário e roubar dados particulares, como senhas de contas bancárias e cartões de crédito.

Golpe

De acordo com o Centro de Estudo, Resposta e Tratamento de Incidentes no Brasil (Cert), as fraudes ocorrem por meio de mensagem não solicitada, supostamente enviada por comunicação de uma instituição conhecida, como um banco, empresa ou site popular, e que procura induzir o acesso a páginas fraudulentas (falsificadas), criadas para furtar dados pessoais e financeiros de usuários.

Essas mensagens são conhecidas pelo termo phishing scam. A palavra phishing (de ‘fishing’) vem de uma analogia criada pelos fraudadores, onde 'iscas' (e-mails) são usadas para ‘pescar’ senhas e dados financeiros de usuários da internet.

Em caso de recebimento de e-mails desse tipo, a orientação é de que o usuário apague a mensagem. Também é possível denunciar a tentativa de golpe clicando no botão "denunciar phishing".

Relacionadas