sexta, 18 de setembro de 2020

João Pessoa
Compartilhar:

Dez mil pessoas vão ao Ponto de Cem Réis no Dia das Crianças

Secom-PB / 13 de outubro de 2015
Foto: Rafael Passos
O Ponto de Cem Réis atraiu um público estimado em torno de 10 mil pessoas, de acordo com levantamento da Polícia Militar, que foram comemorar o Dia de Brincar e Ser Feliz na tarde do feriado desta segunda-feira (12). Excepcionalmente, esta terceira edição mudou de local em virtude do avanço das obras da Lagoa do Parque Sólon de Lucena.

O evento, inteiramente gratuito e organizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), começou às 14h, com brincadeiras, atrações artísticas e distribuição de guloseimas. Abrindo a programação cultural, a Orquestra de Cordas do projeto Ação Social pela Música do Brasil mostrou o resultado do trabalho desenvolvido com crianças e adolescentes do Alto do Mateus num miniconcerto.

Brinquedos como pula-pula, escorregador e carrossel, instalados ao longo da Avenida Visconde de Pelotas, atraíram filas. A espera valeu a pena para João Victor, radiante aos 5 anos, filho da cuidadora Rosimery Sousa: “Desde criança, lembro-me de quando vinha brincar no Dia das Crianças e agora é a sua vez”, aponta a mãe.

Milhares de brinquedos, lanches, picolés, pipoca, algodão doce e água foram distribuídos, além de realizados sorteios de brindes, como tablets e bicicletas, nos intervalos do show do Palhaço Pipi.

O prefeito Luciano Cartaxo e a primeira-dama, Maísa Cartaxo, estiveram presentes e posaram para selfies “Organizar um evento deste porte é a prova de que a criança sempre ocupou o primeiro lugar nas nossas preocupações e na nossa gestão, com investimentos em todas as áreas”, destacou.

O Dia de Brincar mobilizou a atuação de cerca de 300 pessoas – boa parte delas nas 10 tendas que o espaço comportou, distribuídas entre atividades recreativas e educativas, como hip hop, pintura de rosto, jogos, adoção de animais, saúde preventiva, consciência ambiental e educação para o trânsito, em que os pequenos puderam aprender as regras para ser um bom condutor num grande jogo de dados e tabuleiro disposto sobre o chão.

“Apesar de este ser o Dia da Criança, não devemos abdicar do nosso dever de orientá-los quanto a condutas seguras, como não deixar o pai ou mãe usar o celular ao dirigir, atravessar na faixa de pedestres, respeitar a sinalização e advertir os próprios pais quando desobedecerem as regras”, alerta Gilmara Branquinho, chefe da Divisão de Educação para o Trânsito da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob).

Relacionadas