quinta, 13 de maio de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

Cesta básica fica 2,61% mais barata, mas carne ainda é a grande vilã da mesa do pessoense

Redação / 02 de outubro de 2015
Foto: Arquivo
A mais recente pesquisa do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme-PB), divulgada nesta sexta-feira (02), revela que o preço da cesta básica da cidade de João Pessoa caiu, em média, 2,61% no mês de setembro, ficando o acumulado no ano em 7,01% e nos últimos doze meses em 10,03%.

Com isso, o custo total da cesta foi de R$ 298,93, o que representa aproximadamente 37,94% do salário mínimo vigente. Dos produtos que compõem o estudo, apenas um apresentou aumento no preço: a carne, com 1,17%, que continua sendo a vilã da mesa do pessoense.

De acordo com a pesquisa do Instituto, dos treze itens alimentares básicos da cesta básica na capital paraibana (arroz, feijão, carnes, farinha de mandioca, café, pão, leite, açúcar, margarina, óleo de soja, legumes, frutas e raízes), nove produtos apresentaram variações negativas, recuando o preço médio entre 1,06% e 13,20% no mês de setembro. Já o pão francês, café moído e o açúcar não apresentaram variação.

Portanto, para um trabalhador que ganhou um salário mínimo de R$ 788,00, foi precisou trabalhar o equivalente há 83 horas e 30 minutos para adquirir sua alimentação individual. Já numa família composta por quatro pessoas foi necessário dispor de R$ 1.195,72 para adquirir a alimentação básica.

Os produtos que apresentaram quedas nos preços médios foram: legumes: abóbora, beterraba, batata-inglesa, cenoura e tomate (13,20%), frutas: banana e laranja (7,02%), óleo de soja (3,98%), farinha de mandioca (2,58%), raízes: inhame, batata-doce e macaxeira (1,84%), margarina (1,62%), feijão (1,12%), arroz (1,11%) e leite pasteurizado (1,06%). O pão francês, café moído e açúcar não apresentaram variação.

Relacionadas