quinta, 13 de maio de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

Cartaxo afirma que escândalos no PT nacional foram motivos para deixar o partido

Nice Almeida / 17 de setembro de 2015
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, oficializou sua saída do Partido dos Trabalhadores, durante uma entrevista coletiva concedida no início da tarde desta quinta-feira (17). Ao lado da esposa Maysa Cartaxo e do irmão Lucélio, o prefeito pessoense responsabilizou os escândalos envolvendo o PT nacional por sua decisão de deixar a legenda. Agora no PSD, o gestor disse que a mudança é a reafirmação de seu compromisso com a cidade.

LEIA MAIS: Debandada no PT: Cartaxo deixa partido e leva o irmão e mais três vereadores

"Estamos reafirmando esse compromisso com João Pessoa. O que acontece nacionalmente não pode prejudicar a cidade, nãopodemos perder um tempo. Nosso governo tem a marca da transparência e do trabalho, estamos fazendo uma coisa que é ouvir a população, que é a nossa marca, o diálogo. Esta é a melhor decisão não para o prefeito, mas para o povo de João Pessoa", falou Cartaxo.

O prefeito pessoense disse que sua decisão foi baseada no equilíbrio e que ela não significa rompimento com nenhuma liderança política. "Vamos continuar no caminho certo, trabalhando por nossa cidade. É necessário ter paz, equilíbrio e tranquilidade para fazermos o que nunca foi feito nessa cidade. Não vamos deixar perder nenhum momento com discussões e avaliações, com problemas que não são criados por nós. Não estamos rompendo com ninguém, estamos apenas dizendo que João Pessoa está acima de interesses partidários", ressaltou.

Leia a reportagem completa no jornal Correio da Paraíba de amanhã

Relacionadas