quinta, 18 de abril de 2019
João Pessoa
Compartilhar:

BRT de João Pessoa deve desencantar em março

Ainoã Geminiano / 23 de fevereiro de 2016
Foto: Rafael Passos
As obras do BRT (Transporte Rápido por Ônibus), que a prefeitura pretende implantar em João Pessoa, poderão sair do papel, até o final do próximo mês. Foi o que afirmou o superintendente de mobilidade urbana da Capital, Carlos Batinga, que disse estar faltando apenas a liberação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) e a conclusão de projetos complementares, para que a primeira parte da obra seja licitada.

O projeto estava paralisado porque o Tribunal de Contas entendeu que havia falhas no processo de contratação para elaboração do projeto executivo de engenharia e projeto ambiental, a execução de obras que poderiam causar prejuízos aos cofres públicos. Segundo Batinga, todas as falhas foram resolvidas e o projeto já pode voltar a ser licitado.

“Da parte de projetos estamos precisando apenas concluir alguns complementares. A pendência mesmo é a análise do terminal do Varadouro, por parte do Iphaep, uma vez que já obtivemos a liberação do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que é o órgão nacional”, disse.

A diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo, disse que não tinha conhecimento da tramitação desse processo no órgão.

Primeira etapa. Segundo o superintendente, a licitação do mês de março será da primeira etapa do projeto, que inclui o corredor da Avenida Pedro II e dois terminais, que será construído em um terreno que fica na lateral esquerda do Terminal Rodoviário.

“Já temos os recursos disponíveis para execução dessa parte da obra e vamos captar o restante à medida em que a primeira parte estiver sendo executada”, acrescentou Batinga. Ontem à tarde, aconteceu uma reunião entre os diretores da Semob e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), para discutir detalhes sobre a construção do terminal do Varadouro.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas