sexta, 27 de novembro de 2020

João Pessoa
Compartilhar:

“A corrupção é um câncer e precisa ser curado”

Adriana Rodrigues / 15 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
O padre Reginaldo Manzotti, que reuniu uma multidão nesse domingo, no Ginásio 'O Ronaldão', em João Pessoa, no momento de espiritualidade “Encontro de Misericórdia”, lamentou a crise política e ética que o Brasil está vivendo, com a deterioração de valores que foram conseguidos e conquistados ao longo de muito tempo, por conta de atos de corrupção. O evento teve o apoio do Sistema Correio de Comunicação,

Para ele, a corrupção é um câncer que precisa ser curado, porque senão vai matar o País. “Ninguém consegue viver com um câncer. Ou você o cura, ou você morre com ele. Portanto, nós estamos em uma fase de propor uma cura deste câncer chamado corrupção”, afirmou.

De acordo com o padre Reginaldo, essa situação pode ser mudado  de uma forma muito concreta,  se as pessoas tiverem um bom discernimento na hora de escolher em que vai votar nas eleições municipais deste ano e nas próximas eleições, votando nas pessoas que pensam no bem comum e que não queira usar os cargos apenas para se beneficiarem.

“Eu não só partidário. Não sou nem do lado de A, nem do lado B. Eu sou da pessoa que quer trabalhar para o bem comum e defendo que os políticos não usem do poder para benefício próprio, mas para que possa governar com justiça. Mas do que nunca, ecoa a palavra do profeta Isaias, justiça e paz se abraçarão”, declarou.

“Padre não deve ser candidato. O que precisamos fazer é dizer para os cristãos que escolham bem seus candidatos. Não vendam seu voto por nada. Estamos vivendo um Brasil em ruínas, que esta levando à ruína a Família” – Padre Reginaldo Manzotti.

Lançamento do Livro Encontros

Durante o evento, que também marcou o lançamento do livro Encontros -  já disponível em todas livrarias do País, concluindo a trilogia Sinais do Sagrado, na qual constam ainda os títulos Milagres e Parábolas, todos de autoria do Padre Reginaldo Manzotti e publicados pela Editora Petra -, o religioso falou da alegria de retornar a João Pessoa, onde esteve pela primeira vez em setembro de 2013, com o show “Paz e Luz”, que reuniu cerca de 60 mil pessoas, no Busto de Tamandaré, na praia do Cabo Branco. “João Pessoa é uma cidade linda. Tem um povo muito acolhedor, estou muito feliz de ter retornado”, comentou, revelando que pretende realizar em breve o 1º Evangelizar é Preciso em João Pessoa – evento de evangelização.

manzotti2

Quanto ao momento de espiritualidade realizado neste domingo, em que se comemorou o Dia dos Pais, na Capital paraibana, padre Reginaldo classificou como uma oportunidade de partilhar um pouco das reflexões dos trabalhos que tenho feito não só por meio da musica, mas também  dos livros, que também vem sendo é uma forma eficaz de evangelizar e atingir pessoas de diferentes faixas etárias e sexos.

“Por meio dos livros é uma forma que encontrei para registrar os meus pensamentos. Porque eu sou muito de falar no rádio, falar nos meios de comunicação. Mas quando se escreve um livro, você consegue concretizar a ideia, tanto é que em latim, existe um provérbio: ‘verba volant , quae esqueve relíquias’, que quer dizer: Palavras voam, o que se escreve se mantém”, comentou.

No livro Encontros, o Padre comprova como é possível sair de um estado de frustrações, angustias, decepções e tribulações, através do relator de oito encontros inspiradores e emocionantes, ocorridos durante a vida pública de Jesus. “Hoje nós precisamos muito da cultura do encontro. Da cultura do encontro mundial, entre povos, entre nações; da cultura do encontro da família, como no dia dos pais; e o encontro nosso com o ser maior, que é Jesus Cristo”, afirmou.

Neste livro ele apresenta mensagens de incentivos por meio das mudanças que Jesus fez na vida de Maria Madalena, Zaquel, Pedro e Saulo. “São pessoas que não eram consideradas dignas de terem sido encontradas por Jesus, mas foram. Assim, não importa por onde andamos, ou onde nos perdemos. Deus sempre se dispõe a nos buscar, a nos encontrar e nos levar a uma vida nova”, finalizou.

 

Relacionadas