quinta, 21 de janeiro de 2021

João Pessoa
Compartilhar:

84 milímetros de chuva em 12 horas e o caos é formado

Luana Barros / 09 de maio de 2016
Foto: Assuero Lima
Em apenas 12 horas choveu 84 milímetros em João Pessoa, o que representa 25% do esperado para todo o mês de maio.  E mais uma vez a grande quantidade de chuva fez com que o pessoense enfrentasse várias problemas. Até as 10h pelo menos 20 pontos de alagamentos haviam sido registrados pela Defesa Civil. Além disso, o trânsito ficou complicado com inúmeros acidentes e lentidão nas principais avenidas da Capital.

Algumas localidades já conhecidas voltaram a registrar problemas como o trecho da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que ficou completamente inundado e sem possibilidade de tráfego. Na Avenida Epitácio Pessoa, perto do colégio Lourdinas também outro grave ponto de alagamento.

De acordo com a Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), foi registrada uma colisão na BR-230, sentido João Pessoa-Cabedelo, em cima do viaduto do Cristo, deixando o trânsito lento no local. Nos Bancários, a avenida principal também ficou com trânsito lento e intenso e uma das faixas ficou intransitável.

Em Tambauzinho, um carro caiu dentro de um buraco aberto depois das precipitações. Já no Distrito Industrial, um ônibus de transporte público ficou atolado. Na Avenida Trincheiras, uma árvore caiu derrubando um poste e danificando outros dois.

As providências da prefeitura

Desde as primeiras horas da noite deste domingo (08), a Prefeitura intensificou o monitoramento das áreas consideradas de risco. De acordo com o secretário adjunto da Defesa Civil Municipal, Alberto Fabino, as equipes da Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) estão fazendo a retirada da vegetação aquática dos rios urbanos para que a água corra sem causar nenhum dano nas vias e comunidades da cidade.

De acordo com Alberto, João Pessoa não tem estrutura adequada para receber chuvas de muita intensidade. “Essa quantidade de chuva é uma situação atípica por conta do período, mas é uma chuva de pouca intensidade, porém constante o que causam diversos alagamentos nas vias. João Pessoa tem a malha de drenagem bastante antiga, hoje se encontra subdimensionada para a quantidade de água”.

Serviço

Em casos de ocorrências como quedas de árvores, deslizes de barreiras, desabamentos e alagamentos, como qualquer situação de risco, a população pode entrar acionar gratuitamente os serviços da Defesa Civil por meio do telefone 0800 285 9020 que funciona nas 24 horas do dia.

Relacionadas