quinta, 24 de setembro de 2020

João Pessoa
Compartilhar:

500 mil pessoas são esperadas na orla de João Pessoa na virada do ano

Redação / 31 de dezembro de 2016
Foto: Assuero Lima/Arquivo
Pelo menos 500 mil pessoas são esperadas na orla marítima de João Pessoa na noite deste sábado (31) e madrugada de domingo (01) - na virada do ano. Metade delas estará na área do Busto de Tamandaré onde será realizado o show da virada, com Lucy Alves como atração principal. Serão 600 servidores trabalhando no evento. A queima de fogos deverá durar seis minutos.

Para atender quem precise na virada de ano, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estará disponibilizando serviços referenciais. O Samu (192) estará com esquema especial para atendimento. Serão disponibilizadas três ambulâncias, sendo duas do tipo básica e uma para suporte avançado, além do posto médico instalado ao lado do palco da festa da virada, no Busto de Tamandaré. Ao todo 10 profissionais, entre médicos, enfermeiros e apoio, estarão prestando assistência à população até o final do evento.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Oceania e Célio Pires de Sá (Valentina) e Augusto Almeida Filho (Cruz das Armas) estarão atendendo normalmente 24h, sendo a UPA Oceania referência para o atendimento das pessoas que estiverem pela região da praia. Nessas Unidades serão realizados os primeiros atendimentos e a estabilização do paciente e, caso necessário, o encaminhamento para outros serviços médicos.

Além das UPA, os hospitais municipais que atuam como portas de urgência funcionarão normalmente, com equipes multiprofissionais de plantão. A exceção é o Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI) que atende apenas de forma regulada, mas que também terá equipes de plantão para atender os internos.

TRÂNSITO

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) definiu o plano especial de mobilidade. Parte das avenidas Almirante Tamandaré e Cabo Branco, bem como o entorno, serão bloqueados ao tráfego de veículos, na noite do sábado (31), assegurando o acesso e o espaço dos pedestres no local do evento.

Efetivo – A exemplo dos anos anteriores, a Semob-JP vai disponibilizar 100 agentes de mobilidade urbana para orientar os condutores de veículos e usuários do transporte público sobre as mudanças do tráfego e indicar as rotas alternativas em função das alterações de circulação do trânsito próximo ao evento. O final da Avenida Epitácio Pessoa, próximo ao Busto de Tamandaré, terá o tráfego liberado apenas aos veículos de serviço público e moradores.

Acesso – As pessoas que vêm dos bairros da Zona Sul, utilizando a Avenida João Cirilo da Silva, no Altiplano, no sentido Busto de Tamandaré, terão que descer pelas duas ladeiras na Barreira, até a Rua Edvaldo Bezerra Cavalcanti Pinho (Rua da Barreira) para chegar ao local do evento.

As ruas Índio Arabutan e Desembargador José Augusto Trindade servirão como saída de emergência. Esse trecho será monitorado a partir das 7h da manhã, sendo proibido o estacionamento de veículos na orla a partir da Rua Índio Arabutan até a Rua José Augusto Trindade, garantindo mais tranquilidade e espaço para a população.

A partir da Avenida Cairu, até o final do Cabo Branco, o trânsito ficará livre para a circulação de veículos particulares, que deverão retornar pela Avenida Edvaldo Bezerra Cavalcanti Pinho (Rua da Barreira).

Devido a obra da ponte do Rio Jaguaribe na Avenida Beira-Rio, o trecho da Rua do Capim até a Rotatória do Altiplano, terá sentido único Centro/Praia das 20h às 00h, objetivando dar mais fluidez ao tráfego. A partir da meia-noite, o trecho da rotatória do Altiplano até a Rua do Capim terá sentido único Praia/ Centro. A Avenida Cairu, que é paralela, também terá seu sentido único (Praia-Centro), funcionando como um binário, com a Rua Monsenhor Odilon Coutinho.



Transporte – O esquema de ônibus foi feito de maneira a facilitar o acesso da população à festa de Réveillon na orla da Capital para comemorar a chegada de 2017. A Semob-JP determinou às empresas de transporte coletivo o reforço nos ônibus do projeto Tetéu, que circulam pelo Terminal de Integração do Varadouro, e das linhas que passam pela orla marítima.

Para melhor atender aos usuários do transporte coletivo, a Semob também determinou às empresas concessionárias que disponibilizem após a meia-noite 50 ônibus extras durante o Réveillon na orla para o retorno da população às suas casas.

Vá de Táxi – Para melhor servir à população garantindo um retorno seguro para casa, um esquema especial para táxi será implantado na noite do Réveillon, próximo ao Busto de Tamandaré, a partir das 18h. Serão dois pontos de embarque de passageiros para esse tipo de transporte. Um ficará na Avenida Marcionila da Conceição, entre a Avenida Odilon Coutinho e Avenida Cairu, no Cabo Branco; o outro ficará na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, entre a Avenida Epitácio Pessoa e a Rua Helena Meira Lima, em Tambaú.

Relacionadas