segunda, 21 de maio de 2018
Cidades
Compartilhar:

Guarabira realiza evento cívico em comemoração ao dia da independência

Aline Martins / 06 de setembro de 2017
Foto: Reprodução
Em comemoração ao dia da Independência, escolas públicas (municipais e estaduais) e privadas, centros de referência em assistência social (Cras), associações, entidades de classe e militares participam nesta quarta-feira (6) do desfile cívico, na Praça Dom Pedro II, no Centro de Guarabira, no Agreste paraibano.

O foco deste ano é abordar os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – plano de ação para pessoas, para o planeta e para a prosperidade mundial adotado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que devem ser cumpridos até 2030. Além dessa abordagem, a Escola Municipal Paulo Brandão Cavalcanti Filho, que leva o nome do co-proprietário do Jornal Correio da Paraíba assassinado em 13 de dezembro de 1984, fará uma homenagem dando início às comemorações dos 30 anos das unidades de ensino.

O hasteamento do Pavilhão Nacional está previsto para as 15h. No entanto, o desfile terá início às 16h, em Guarabira. As vias no entorno da Praça Dom Pedro II serão bloqueadas para a concentração e desfile. Participam do desfile, os militares do 4º Batalhão de Polícia Militar, 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros, Autoescola Frei Damião, Associação de Carros Antigos, Clube de Fuscas, Cras, Banda Marcial Rainha da Paz (Itapororoca), Demolay, Soldados de Cristo (Igreja Congregacional), Studio de Ballet La Dance Mel Machado, Educandário Alegria do Saber, Educandário Nossa Senhora de Lourdes, Clube dos Desbravadores (Igreja Adventista), Associação Guarabirense de Taekwondo, creches municipais, escolas municipais. A Escola Municipal Paulo Brandão Cavalcanti Filho abre o desfile das unidades de ensino.

De acordo com a diretora, Luana Lafaett, os alunos vão fazer uma homenagem a Paulo Brandão, mas esse é apenas um início das comemorações dos 30 anos da unidade de ensino. “Vamos fazer uma homenagem, mostrando a foto dele como destaque. A escola fará 30 anos e a gente não poderia deixar passar em branco. Iremos levar bolas no formato de 30 anos, parabéns e a foto de Paulo Brandão”, comentou. Porém, as comemorações da festa da escola serão no dia 10 de novembro deste ano, onde será lembrada a história da cidade. Além disso, no desfile cívico a escola vai abordar o terceiro ODS, que trata da alimentação saudável. “Vamos levar uma pirâmide alimentar, alunos levarão frutas e também mostraremos a importância do exercício físico”, frisou.

Escola faz 30 anos

O co-proprietário do Jornal Correio da Paraíba, Paulo Brandão Cavalcanti Filho, assassinado em 13 de dezembro de 1984 será o homenageado nas comemorações da escola que leva o seu nome em Guarabira. Os 30 anos da escola serão celebrados no dia 10 de novembro. A

ideia, segundo a diretora Luana Lafaett, é mostrar para os alunos quem foi Paulo Brandão e o que representou para a Paraíba. “Temos até um folder que estamos trabalhando com os alunos. A gente sabe que ele foi um jornalista importante e que foi assassinado. Eu até pedi ao prefeito da cidade o motivo de ter dado o nome à escola, já que ele não era de Guarabira, e ele falou da importância do repórter. Como a fundação da escola foi próxima do assassinato dele, fizeram a homenagem”, afirmou.

De acordo com o secretário de Educação de Guarabira, Raimundo Macedo, a ideia de falar sobre Paulo Brandão é que muitas pessoas não conhecem sua história, principalmente os moradores da comunidade Santa Teresinha onde está localizada a escola. Em outubro de 2013, o cineasta Lúcio Vilar fez o documentário “Doc Correio, 60 anos”. Na época informou que a morte de Brandão foi um marco e que a partir desse fato, o Jornal cresceu no campo da denúncia e da investigação. Além disso, mostrou a postura de liderança na imprensa no início da década de 90 até os dias atuais.

Relacionadas