terça, 13 de novembro de 2018
Cidades
Compartilhar:

Fios baixos são problema no Centro de João Pessoa

Beto Pessoa / 03 de novembro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
Moradores do Centro de João Pessoa têm reclamado de um problema antigo e persistente: a fiação baixa dos postes. Maior parte delas pertence às operadores de telefonia, que não realizam a manutenção devida no equipamento. Sem saber a quem recorrer, a população improvisa remendos, arriscando suas vidas para resolver uma questão que não a compete.

É o caso de Bó Lucena, que mora na Avenida Tabajaras há mais de 20 anos. Em frente a sua residência, os fios do poste chegaram ao nível da sua cabeça, impedindo inclusive que ele tirasse o carro da garagem. Como não sabia a quem recorrer, amarrou a afiação por conta própria. "Eu não tinha como sair de casa. Era isso ou arrastar o fio quando saísse com o carro. Não sei quem pode consertar, por isso eu mesmo peguei umas cordas e amarrei uns nos outros para não ficarem tão baixos".

Ele não sabe o que causou o problema. “Não vi o que aconteceu, mas já tem alguns dias que está assim e ninguém vem consertar. Acho que foram vândalos, porque não vi nenhum acidente ou coisa do tipo. Sei que está desse jeito aí, prejudicando a gente”, disse Bó Lucena.

Quem trafega pela calçada também tem medo da afiação. É o caso da comerciante Luzinete Barbosa, que caminha quase todos os dias pela Avenida Tabajaras. “A gente tem medo que possa cair em cima da gente. Não sei se é fio de energia ou de telefone, então passo correndo para não correr o risco de cair em cima de mim”, disse.

Sem resposta

A reportagem conversou com a diretoria de Controle Urbano da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), que informou ser a Secretaria de Infraestrutura de João Pessoa (Seinfra) a pasta que poderia informar de quem é a responsabilidade pela manutenção. A assessoria de imprensa desta, no entanto, orientou buscar a Energisa, que até o fechamento desta edição também não respondeu os questionamentos.

Relacionadas