sábado, 16 de janeiro de 2021

Cidades
Compartilhar:

Fiação baixa em postes preocupa a população

Bárbara Wanderley / 06 de janeiro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
Imagine ficar sem internet e telefone fixo para se comunicar com parentes e amigos. Foi o que aconteceu com a moradora do bairro do Cristo, em João Pessoa, Vânia Alves. Ela contou que, no cruzamento da Rua Dom Bosco com a Rua da Fraternidade, a fiação é muito baixa e sempre que passa algum caminhão ou ônibus alto arranca os fios, deixando a população sem energia elétrica, internet e telefone. “Já aconteceu três vezes”, afirmou.

Ela contou que em meados de dezembro, um ônibus de dois andares chegou a derrubar um poste e a rua ficou o dia inteiro sem energia elétrica. “A Energisa atende rápido quando a gente liga, eles consertam rapidamente. A gente tem mais dificuldade com as operadoras de telefonia e internet”, disse Vânia.

Além da fiação baixa, outro problema recorrente na cidade são postes inclinados, como se estivessem perto de cair. A Rua Comerciante Aristides Costa, no Jardim Cidade Universitária; a Avenida Sérgio Guerra, nos Bancários, e a Avenida Mandacaru, no Treze de Maio, são alguns dos locais onde é possível encontrar postes nessa situação.

Energisa

Por meio da assessoria de comunicação, a Energisa informou que a fiação é instalada conforme as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e da Norma Brasileira Nº 14165. Além disso, o padrão depende da rede e nível de tensão em cada poste. A Energisa lembrou ainda que as trocas de postes e fios são feitos pela empresa, quando os equipamentos são utilizados para a distribuição de energia elétrica, ou seja, pertencem a rede elétrica. Já quando os equipamentos são de propriedade das operadoras de telefonia e internet, a responsabilidade de manutenção e troca compete a essas empresas.

A Energisa informou que caso a pessoa se depare com fios no solo ainda interligados aos postes, mantenha distância e acione a Energisa.

Relacionadas