sexta, 22 de janeiro de 2021

Estatísticas
Compartilhar:

Agropecuária burla seca e cresce na Paraíba, aponta pesquisa do IBGE

Érico Fabres / 16 de setembro de 2015
Foto: Arquivo
A exemplo do Brasil, a Paraíba teve um grande crescimento percentual no abate de suínos em relação ao segundo trimestre de 2014, porém em índices bem maiores: 33% e 5,7%. Em relação ao peso das carcaças, o aumento foi ainda maior, 58,7% contra 7,7%.

Nos demais setores, o Estado teve índices positivos, tendo queda apenas no abate bovino. Foi o que mostrou a pesquisa trimestral do Abate de animais, do leite, do couro e produção de ovos de galinha divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ranking nacional da aquisição de leite, Minas Gerais segue na liderança, seguido por Rio Grande do Sul e Paraná.

Em queda. A aquisição de couro foi de 8,09 milhões de peças no segundo trimestre de 2015. Essa quantidade foi 0,2% menor que a registrada no trimestre imediatamente anterior e 11,9% menor que a registrada no mesmo período de 2014.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas