sábado, 08 de maio de 2021

Educação
Compartilhar:

Professor Trindade fala sobre ‘coesão e coerência’ na crônica deste domingo

João Trindade   / 13 de maio de 2018
Foto: Rafael Passos
COERÊNCIA E COESÃO

Alguns autores colocam o assunto do título dentro do estudo de interpretação de textos. Prefiro analisa-lo isoladamente, porque é assim que fazem as elaboradas de concurso.

Coerência é a ordenação lógica das ideias do texto, enquanto que coesão é a ligação correta das ideias do texto, por meio de elementos de ligação (conectores).

Um texto coerente e coeso apresenta as ideias numa ordem lógica e usa conectores (conjunções, preposições, pronomes) de forma que se mantenha tal lógica.

Coerência, portanto, é uma relação de sentido; relação harmônica das partes ou ideias do texto, formando uma unidade.

O texto deve ter ideias bem articuladas: os termos da oração e as palavras devem estar ligados de modo a formar uma UNIDADE. É esse nexo que torna o texto coeso, bem “amarrado”. A coerência só é conseguida a partir da ligação adequada entre as palavras e ideias; portanto, alcança-se a coerência a partir o uso correto dos elementos de coesão.

Coesão textual é a inter-relação entre frases, expressões ou palavras. Os elementos que entrelaçam as partes do texto são elementos de coesão textual. Os elementos de referência textual podem se dar por meio da substituição vocabular e pronominalização.

São os recursos vocabulares, sintáticos e semânticos, que garantem a coesão textual. Eles servem para ligar palavras, retomar ideias ou substituir vocábulos já citados. Os principais elementos de coesão são conjunções, preposições, pronomes, advérbios, palavras ou locuções denotativas.

Ex.: Alguns dos maiores problemas dos moradores daquele bairro estão no fato de residirem em áreas de risco; erguem casas em cima de barreiras e morros, sendo que, principalmente naquelas, o perigo é maior.

O pronome “naquelas” substitui o termo barreiras, sendo, portanto, um elemento de coesão.

Leiamos um exemplo de incoerência textual, extraído de um texto publicado no Facebook (pelo erro é que se aprende o acerto):

“ (...) O cantor reservou uma surpresa para os fãs durante a participação da cantora (...): ele irá interpretar com ela a música “Fim de Romance”, a primeira música composta por Zé Ramalho.”

O texto peca pela incoerência. Onde reside tal defeito?

Ora, o redator afirmou que o cantor em questão reservara uma surpresa para os fãs, durante a participação de uma cantora convidada; em seguida, disse o que este iria fazer: interpretar com ela a primeira música composta por Zé Ramalho. Onde está, então, a surpresa?

O que é coesão?

O uso correto dos elementos conectores, principalmente preposições, pronomes e conjunções. A coesão é elemento fundamental para se alcançar a coerência.

Nos concursos, costumam aparecer os seguintes tipos de questão em que se cobram coerência e coesão:



  1. O elaborador dá um texto em desordem, para que o candidato junte os segmentos, de forma a obter um texto coerente e coeso.


  2. O elaborador grifa um pronome e pede ao candidato para dizer a que termo anterior (ou posterior) se refere o pronome grifado.


  3. O elaborador pede o significado de determinada palavra dentro do contexto a que está se referindo a questão. Raramente ele pede o significado de uma palavra isoladamente.


Relacionadas