terça, 21 de maio de 2019
Educação
Compartilhar:

Pais formam filas para matrículas na rede pública

Katiana Ramos / 03 de janeiro de 2019
Foto: Rafael Passos
As matrículas para os novos alunos na rede municipal de ensino de João Pessoa começam nesta sexta-feira (4). Mas, em algumas escolas os pais já formam fila para garantir a vaga para os filhos. Na Escola Municipal Padre Pedro Serrão, no Cristo, muita gente está acampada na calçada do colégio desde a última terça-feira (1º). A direção da escola informou que as senhas para as matrículas serão entregues nesta quinta-feira (4), segundo informou a direção da escola. Na rede municipal da Capital são oferecidas cerca de cinco mil vagas. Já para as escolas estaduais foram ofertadas cerca de 500 mil vagas e as matrículas para novatos seguem até o dia 31 deste mês.

Com colchão, cadeiras e lanches, a dona de casa Francileide Barbosa conta que chegou na manhã da última terça-feira para conseguir duas vagas na Escola Padre Pedro Serrão, sendo uma no 7º ano, para a filha, e outra no 1º ano do Fundamental I, para o neto. No entanto, a escola não ofertou vagas para esta última série. “Eles colocaram um aviso no muro da escola, hoje (ontem) de manhã com 40 vagas para  1ª série. Quando foi a tarde retiraram e disseram que não tinha mais vaga. Ai agora o jeito vai ser procurar em outra escola. Mas, pelo menos para minha filha, vou conseguir”, afirmou Francileide Barbosa, que é a segunda da fila com pelo menos 30 pessoas até a tarde de ontem.

Também na fila por uma vaga no 7º ano para a filha está a dona de casa Elizângela Selma. Para ela, a qualidade do ensino da escola e a dedicação dos professores são os atrativos para a demanda por vagas no colégio. “Vale o sacrifício porque essa escola é muito boa. O ensino é diferenciado. Já tenho uma filha que estuda aqui e é muito bom”, destacou a mãe.

As matrículas na rede municipal de ensino de João Pessoa podem ser feitas até o dia 31 deste mês. No ato da matrícula, os novatos terão que apresentar histórico escolar, cópia da Certidão de Nascimento, duas fotos 3×4, comprovante de residência e cartão de vacinação, para alunos dos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis). O aluno que não tiver em mãos algum desses documentos pode fazer a matrícula, mas terá um prazo de 45 dias para apresentar a documentação exigida, após o  início do ano letivo.

“Nós estamos orientando os pais que já estão procurando as escolas da rede, que nenhum aluno ficará de fora de sala de aula. Se não for na escola que ele deseja, porque existe um limite de vagas por turmas, será em uma unidade tão boa quanto a que ele está desejando”, garantiu a secretária de Educação da Capital, Edilma da Costa Freire.

Busca ativa

Em Campina Grande, as matrículas para as escolas municipais foram encerradas em 28 de dezembro do ano passado. No entanto, segundo informou a Secretaria Municipal de Educação, a partir da próxima semana os técnicos da Secretaria irão realizar uma busca ativa nos bairros para identificar as crianças e adolescentes que não estão matriculados e providenciar a inserção na rede municipal. Para o ano letivo de 2019 foram ofertadas 4 mil novas vagas nas escolas municipais de Campina.

Relacionadas