terça, 11 de maio de 2021

Educação
Compartilhar:

Mais de 500 apenados farão prova do Enem PPL na Paraíba

Rammom Monte / 10 de novembro de 2015
Foto: Arquivo
Nos dias 1º e 2 de dezembro acontece em todo  Brasil o  Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade (Enem PPL). Na Paraíba, 525 apenados irão fazer as provas em 42 unidades prisionais em todo o Estado. No Brasil, serão 45.500 mil participantes.

No país, o crescimento em relação à edição anterior, quando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou 38,1 mil inscritos, foi de 19%. Irão participar do exame pessoas cujas unidades prisionais e socioeducativas firmaram termo de adesão, responsabilidade e compromisso com o Inep.

De acordo com a gerente executiva de ressocialização da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, Ziza Maia, o número de inscritos no Estado só não foi maior por conta da exigência da documentação, que nem todos os apenados interessados têm.

Ziza falou, ainda, que muitos dos interessados procuram fazer o Enem PPL para conseguir o certificado de conclusão do Ensino Médio. Segundo ela, a maioria dos apenados não chegou a concluir o ensino médio e outros ainda estão no ensino fundamental.

No primeiro dia, os candidatos farão as provas de ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia), com duração total de 4 horas e 30 minutos.

No segundo dia, será a vez dos participantes testarem os conhecimentos em linguagens, códigos e suas tecnologias (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira – inglês ou espanhol –, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação), redação e matemática, com duração total de 5 horas e 30 minutos.

As inscrições no Enem PPL foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição. Eles também são encarregados do acesso aos resultados, da divulgação das informações do exame aos inscritos e do encaminhamento dos candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a outros programas de acesso à educação superior.

Relacionadas