terça, 13 de abril de 2021

Educação
Compartilhar:

Mais da metade dos alunos da Paraíba têm dificuldades para ler e escrever

Aline Martins / 18 de setembro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
Apesar do baixo desempenho da maioria, mais crianças paraibanas estão aprendendo a ler, escrever e fazer cálculos matemáticos. A segunda edição da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA), divulgada nessa quinta-feira (17) pelo Inep/MEC, mostrou que a Paraíba melhorou nas três habilidades, comparando as avaliações de 2013 e 2014.

A escrita foi onde os alunos paraibanos mais evoluíram, 7,8% saíram dos piores níveis. Mesmo assim o Estado ainda amarga a segunda pior posição, com 52,4% dos seus estudantes nos níveis 1 e 2. O Maranhão é o Estado que carrega os piores percentuais em leitura e em matemática: 81,4% e 83,7%, respectivamente. A Paraíba fica com os 7º e 8º lugares nessas duas habilidades.

Os dados apontam, também, que a zona rural é a mais problemática, com mais alunos aprendendo menos. Ainda segundo a ANA, os alunos das escolas federais têm melhor desempenho. As maiores cidades, a exemplo de João Pessoa e Campina Grande, não estão entre as melhores.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas