terça, 13 de novembro de 2018
Educação
Compartilhar:

IFPB tem novas regras para ingresso de alunos em cursos técnicos; veja as mudanças

Adriana Galvão / 13 de setembro de 2016
Foto: Divulgação
O Processo Seletivo de Cursos Técnicos (PSCT) para o IFPB (Instituto Federal da Paraíba) terá mudanças a partir das inscrições que começam no próximo dia 3 de outubro. A principal delas é que a forma de ingresso deixou de ser através da aplicação de provas e passa a ser por análise do histórico escolar.

As inscrições também serão gratuitas e encerram dia 4 de novembro. Estão sendo oferecidas 3.389 vagas para cursos técnicos em 17 campi no primeiro semestre de 2017. Na modalidade integrado ao ensino médio, voltada para os estudantes que concluíram o ensino fundamental 2, foram abertas 2.177 vagas para Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel, Santa Rita e Sousa.

Na modalidade subsequente ao ensino médio, voltada para aqueles que já concluíram esta etapa, são 1.212 vagas nos campi de Cabedelo, Cabedelo Centro, Cajazeiras, Campina Grande, Esperança, João Pessoa, Mangabeira, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel e Sousa. Para se inscrever o candidato deve acessar o endereço https://estudante.ifpb.edu.br, preencher eletronicamente todos os itens do formulário de inscrição, incluindo o questionário socioeconômico, e anexar o histórico escolar ou documento equivalente.

Outra novidade incluída no processo é que o candidato, depois de inscrito, poderá fazer qualquer alteração nas informações fornecidas dentro do período das inscrições, inclusive mudar o curso escolhido inicialmente. Há cotas para candidatos com deficiência e egressos de escolas públicas. A seleção se dará a partir da média aritmética das disciplinas. A lista oficial com os candidatos inscritos será divulgada dia 14 de novembro e o resultado final do processo no dia 19 de dezembro.

“A razão central da mudança do processo seletivo está focada na inclusão social de todos os estudantes, tanto aqueles que terminaram os estudos há muito tempo, quanto os que estão na idade regular”, disse o reitor do IFPB, Nicácio Lopes. Ele disse que a eliminação de cobrança de taxas de inscrição para o processo seletivo também foi um grande ganho para a sociedade porque possibilitará que “pessoas de todas as classes sociais tenham a oportunidade de estudar numa instituição tradicional como o IFPB”.

ifpb2

Relacionadas