sexta, 14 de maio de 2021

Educação
Compartilhar:

Guerra na Síria e drama de refugiados devem estar no Enem

Bruna Vieira e Ainoã Geminiano / 04 de outubro de 2015
Foto: ASSUERO LIMA
Esta semana os alunos leitores do Correio ficarão por dentro do que vai acontecer nas provas de Ciências Humanas, com o terceiro fascículo Enem Motiva 2015, que será encartado na edição de amanhã. É preciso estar por dentro do que acontece no mundo, para ter bons resultados na prova de ciências humanas.

“O que vale é a nota geral, não existe mais peso diferencial em prova. É natural que quem gosta mais de ciências da natureza procurem cursos na área de saúde e quem não gosta de cálculos na área de humanas. Mas, para qualquer curso é preciso se preparar em todas. A guerra civil na Síria e a crise de refugiados é um tema atual que deve cair na prova”, segundo o professor de geografia, Igor Vasconcelos.

Quanto mais se pratica, mais preparado o aluno fica, afirma o professor. “Temos preparação intensiva, simulado, aulões, resoluções de questões, mas para que o aluno se adapte ao modelo interdisciplinar é preciso ler bastante. Se essa preparação não é feita durante toda a vida escolar, ele vai sentir dificuldade na hora da prova”, disse.

Interdisciplinaridade. O nível de cobrança na avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deixou de lado o peso das provas. Assim, tanto faz se o aluno quer ingressar, em medicina ou psicologia, é preciso se preparar em todas as áreas.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba. 

Relacionadas