domingo, 15 de setembro de 2019
Educação
Compartilhar:

Enem Digital começa em João Pessoa

Katiana Ramos / 04 de julho de 2019
Foto: Divulgação
João Pessoa está entre as 15 capitais que foram escolhidas pelo Ministério da Educação (Mec) para a aplicação digital da prova do Exame Nacional do Ensino Médio em 2020. O procedimento será realizado em caráter experimental e será disponibilizado para o total de 50 mil inscritos das cidades selecionadas. Com a medida, o governo federal espera economizar R$ 500 milhões, que é o custo total da prova de papel.

De acordo com a assessoria de comunicação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, no momento da inscrição do Enem 2020, o candidato das cidades selecionadas para a prova piloto poderão optar por essa modalidade experimental ou pela tradicional, que é em papel. Contudo, as 50 mil vagas serão preenchidas conforme a ordem de chegada das inscrições. Ainda segundo a assessoria, os inscritos para prova digital irão realizar a prova no local organizado pela empresa contratada para a aplicação do Enem. A empresa será responsável por oferecer computadores e demais equipamentos necessários para o processo seletivo.

Conforme informações do Mec e do Inep, os participantes da prova digital responderão a mesma quantidade de questões, incluindo a redação, como os demais candidatos que farão a prova de papel. Com essa nova versão, por meio de computador, o governo federal pretende realizar o exame em várias datas ao longo do ano, por agendamento. A aplicação permanecerá em dois domingos, nos dias 11 e 18 de outubro, e os resultados serão divulgados de forma conjunta.

"Em 2020, teremos três aplicações do Enem: o Enem digital, para 50 mil pessoas, a regular em papel e a reaplicação", explicou o presidente do Inep, Alexandre Lopes.Este último caso é voltado para candidatos prejudicados por algum problema logístico ou de infraestrutura durante a realização da prova digital. Eles terão direito à reaplicação, que ocorrerá em papel.

Do ponto de vista técnico, o Enem Digital vai permitir a utilização de novos tipos de questões com vídeos, infográficos e até a lógica dos games. Também será possível aplicar o Enem em mais municípios.

O professor Amarílio Filho, diretor do ISO Colégio e Cursos, afirmou que a notícia do Enem Digital foi recebida sem surpresa pelos educadores e alunos. Segundo ele, além de atualizar o processo seletivo, o novo formato de prova já é uma realidade para muitos estudantes do Ensino Médio do país que usam plataformas de simulados digitais para se preparar para o Exame.

“Já era esperado por nós. Muitos estudantes já estão acostumados com simulados online e plataformas de estudos digitais. Agora, quando se trata de um procedimento online as dúvidas sobre a segurança do processo seletivo podem aumentar. Mas, como a modalidade será aplicada como um teste, em 2020, também servirá para sanar os problemas”.

Capitais que receberão a prova em formato digital / em outubro de 2020



Belém (PA)

Belo Horizonte (MG)

Brasília (DF)

Campo Grande (MS)

Cuiabá (MT)

Curitiba (PR)

Florianópolis (SC)

Goiânia (GO)

João Pessoa (PB)

Manaus (AM)

Porto Alegre (RS)

Recife (PE)

Rio de Janeiro (RJ)

Salvador (BA)

São Paulo (SP)

Fonte: Mec/Inep

Calendário. Enem 2019

Outubro (Data a confirmar) - Divulgação do cartão de confirmação, com os locais de prova

Novembro (dia 3) - Aplicação das provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias / Redação / Ciências Humanas e suas Tecnologias

Dia 10 - Aplicação das Provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias / Matemática e suas Tecnologias

Dia 13 - Publicação dos gabaritos e dos cadernos de questões

Janeiro 2020 (Data a confirmar) - Resultados individuais

Março 2020 (Datas a confirmar) - Resultados individuais dos treineiros e divulgação da vista pedagógica da redação

Fonte: Mec/Inep

Modificação será progressiva



O Enem Digital será implantado gradualmente. A aplicação será em papel, como nas demais 21 edições do exame, e haverá a aplicação regular e a reaplicação. De 2022 a 2025, o Enem Digital seguirá sendo aprimorado. A previsão do Inep é realizar até quatro aplicações digitais, em datas distintas, com agendamento prévio e ainda opcional para os participantes.

Em 2026, a versão em papel para de ser distribuída e o exame só será em formato digital. A consolidação do modelo digital será marcada por diversas aplicações regulares ao longo do ano, por agendamento, em todo o país, e reaplicação também em modelo digital.

O gerente executivo do Ensino Médio da Secretaria Estadual de Educação (SEE), Robson Rubenilson, informou que a pasta aguarda mais informações do Mec/Inep sobre esse novo formato da prova do Enem, bem como demais esclarecimentos, como a logística de aplicação da prova. Contudo, ele frisou que os estudantes da rede estadual também estão preparados para as mudanças.

“A Secretaria recebe essa informação com receio, considerando que é uma ação piloto. Porém, na nossa rede temos escolas com condições de receber as turmas para aplicar a versão digital. Estamos na expectativa de receber mais informações sobre isso, mas com receio de que, caso aconteça algum problema durante a aplicação, como será resolvido. É um projeto novo, onde o Mec tem interesse em reduzir os custos principalmente com a impressão das provas”, falou o representante da SEE.

Relacionadas