segunda, 23 de abril de 2018
Educação
Compartilhar:

Confira questões de Geografia no Correio Concurso

Redação / 27 de agosto de 2017
Foto: Ilustração Correio
 

Observe a Charge a seguir:



(Millôr Fernandes. Retirado de: VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Editora Ática, 2012.p.323.)

Questão 1.

A ilustração de Millôr Fernandes é uma crítica à ordem global atual. Além disso, ela faz referência:

a) à visão eurocêntrica das projeções cartográficas

b) à visão conceitual da Globalização realizada no processo de ensino-aprendizagem

c) à forma com que o Planalto Central opera o processo de inserção da Globalização no Brasil

d) à Divisão Internacional do Trabalho, em que os países do Sul subdesenvolvido são dependentes do Norte desenvolvido.

e) à influência da Globalização sobre o processo de transformação da educação brasileira.

 Questão 2

A globalização constitui o estágio máximo da internacionalização, a amplificação em sistema-mundo de todos os lugares e de todos os indivíduos, logicamente em graus diferentes”.

(Disponível em: Mundo educação/ Globalização)

Os “graus diferentes” citados no texto referem-se:

a) às diferenças entre os níveis de ajustamento da política internacional a uma ordem de homogeneização cultural;

b) à resistência dos movimentos antiglobalização frente aos avanços do sistema capitalista em escala mundial.

c) à forma desigual de difusão e alcance do processo de mundialização econômica e política.

d) à impossibilidade da globalização atingir todo o planeta

e) à incerteza de alguns países em adotar a globalização como forma de desenvolvimento.

Questão 3

(UNIOESTE)

A globalização é, de certa forma, o ápice do processo de internacionalização do mundo capitalista. [...] No fim do século XX e graças aos avanços da ciência, produziu-se um sistema de técnicas presidido pelas técnicas da informação, que passaram a exercer um papel de elo entre as demais, unindo-as e assegurando ao novo sistema técnico uma presença planetária. Só que a globalização não é apenas a existência desse novo sistema de técnicas. Ela é também o resultado das ações que asseguram a emergência de um mercado dito global, responsável pelo essencial dos processos políticos atualmente eficazes.”

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2000, p. 23-24.

Considerando o enunciado anterior, sobre o processo de globalização na sociedade contemporânea, assinale a alternativa correta.

a) A globalização é um processo exclusivamente baseado no desenvolvimento das novas técnicas de informação e sua origem está diretamente relacionada com a difusão e universalização do uso da internet, que se deu a partir do final da década de 1990.

b) Entre as características próprias da globalização temos a alteração profunda na divisão internacional do trabalho, em que a distribuição das funções produtivas tende a se concentrar cada vez mais em poucos países, como é o caso dos Estados Unidos e do Japão.

c) Sobre as ações que asseguram a emergência do mercado global, o autor está se referindo à doutrina econômica neoliberal que, entre outros princípios, defende o fortalecimento do Estado e a intervenção estatal como reguladora direta dos mercados – industrial, comercial e financeiro.

d) Atualmente, as relações econômicas mundiais, compreendendo a dinâmica dos meios de produção, das forças produtivas, da tecnologia, da divisão internacional do trabalho e do mercado mundial, são amplamente influenciadas pelas exigências das empresas, corporações ou conglomerados multinacionais.

e) As estratégias protecionistas tomadas pelos governos em todo o mundo, dificultando a entrada de produtos estrangeiros em seus mercados nacionais, são consideradas como características marcantes do processo de globalização.

Questão 4

(IFBA)

Embora tenha suas origens mais imediatas na expansão econômica ocorrida após a segunda guerra e na revolução técnico-cientifica ou informacional, a globalização é a continuidade do longo processo histórico de mundialização capitalista.”

(MOREIRA, João Carlos e SENE, Eustáquio de. Geografia para o ensino médio: Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2002.p. 03)

Com relação ao desenvolvimento do capitalismo, sua mundialização e globalização, é possível afirmar que:

a) Os Tigres Asiáticos começaram a se constituir como potências econômicas a partir da aplicação da política de bem-estar social e do taylorismo/fordismo como elementos dinamizadores de suas economias.

b) A constituição do MERCOSUL foi uma resposta político-econômica dos países da América Latina à perspectiva de constituição do NAFTA, uma vez que suas economias apresentam elevado grau de complementaridade e integração entre os setores primário, secundário e terciário.

c) A chamada terceira revolução cientifica e tecnológica vem contribuindo intensamente com a integração entre os mercados, uma vez que possibilita maior grau de flexibilidade aos capitais internacionais, inclusive na perspectiva de substituição do dinheiro de papel pelo dinheiro de plástico e virtual em tempo real.

d) Com a crise da economia americana, o valor das commodities agrícolas tem baixado seguidamente, contribuindo para atenuar a fome no Chifre da África.

e) A crise que assola a economia-mundo tem contribuído para alterar e inverter as relações entre os países na divisão internacional do trabalho, pois até a China passou a ser credora dos EUA.

Questão 5

Assinale um dos eventos abaixo enumerados que não possui relação direta com o processo de globalização:

a) A difusão dos comércios localizados em oposição às corporações internacionais.

b) A formação de blocos econômicos regionais.

c) A propagação do inglês como idioma universal.

d) O “encolhimento” do mundo graças à redução das dificuldades de comunicação e transporte entre as diferentes regiões do planeta.

Questao 6.  Os blocos econômicos são a mais recente alternativa adotada pela maioria dos Estados do mundo para ampliar as suas respectivas relações econômicas. Tal aspecto vem contribuindo para a construção de uma nova forma de regionalização mundial. Assinale a alternativa que apresente a mais importante entre as causas para a formação dos blocos econômicos no mundo contemporâneo.

a) surgimento do dinheiro.

b) instalação da indústria avançada em nível global.

c) consolidação da Globalização.

d) transformação do capitalismo financeiro em capitalismo industrial.

e) emergência de um espírito mundial de solidariedade.

Questão 7. “A formação de blocos econômicos tem por objetivo criar condições para dinamizar e intensificar a economia num mundo globalizado. Em todas as modalidades de blocos econômicos, o intuito é a redução e/ou eliminação das tarifas ou impostos de importação e exportação entre os países-membros”.

(Disponível em: http://www.mundoeducacao.com.br/geografia/blocos-economicos.htm)

Com base na conceituação acima apresentada, assinale a alternativa que não apresenta um bloco econômico.

a) União Europeia

b) Mercosul

c) BRICS

d) Comunidade Andina

e) Comunidade dos Estados Independentes (CEI)

Questão 8.













O destino dos países é a formação dos Blocos Econômicos

Sem querer prever o futuro, Thomas Richter, alemão, doutor em Direito Comparado e professor visitante da USP, defende: a saída para os países é a união em blocos. Primeiro, para a criação de mercados, depois, atingindo as liberdades pessoais até chegar ao multiculturalismo.


Fonte: Diário do Nordesde, 02/11/2008. Disponível em: diariodonordeste.globo.com

De acordo com a configuração da economia do mercado, pode-se dizer que a previsão citada no texto é:

a) acertada, pois não é mais possível imaginar a globalização mundial sem a presença e atuação dos blocos econômicos.

b) equivocada, uma vez que os blocos econômicos são uma tática econômica atualmente em desuso no mundo afora.

c) acertada, porque os países desenvolvidos vêm se agrupando em blocos para fazer frente ao poderio dos Estados Unidos e da União Europeia.

d) equivocada, porque a formação dos blocos econômicos foi predominante no século XX e vem sendo substituída pelos agrupamentos políticos e comerciais, como a ONU (Organização das Nações Unidas) e a OMC (Organização Mundial do Comércio).

Questão 9. (CEFET-CE) A iniciativa para as Américas, lançada pelo presidente George Bush em junho de 1990, se inseria na orientação reformista: a sua meta consistia na formação de uma zona de livre comércio em todo o continente americano, com a exclusão de Cuba. Essa zona de integração econômica é chamada de:

a) Mercado Comum do Sul (Mercosul).

b) União Europeia.

c) Área de Livre Comércio das Américas (ALCA).

d) Zona da Bacia do Pacífico.

e) Novos Países Industrializados (NPIs).

Questão 10.  (UNIFEI). A União Europeia (EU) entrou em vigor em novembro de 1992, de acordo com o chamado Tratado de Maastricht, assinado em dezembro de 1991. É constituída por um bloco de países europeus ocidentais que visa a:

a) Estabelecer critérios para a redução da imigração e manter a alta qualidade de vida existente na Europa.

b) Consolidar a economia entre os países-membros, tornando-os um mercado único e altamente competitivo no mundo.

c) Combater e erradicar o fundamentalismo religioso muçulmano, com a tomada de medidas antiterroristas.

d) Impedir o crescimento econômico de países emergentes, como a China, e competir com o forte e tradicional mercado norte-americano.

Questao 11.  “A industrialização ampliou a divisão do trabalho dentro da unidade de produção (a fábrica) e no interior da sociedade de cada país. Ao mesmo tempo, estabeleceu a Divisão Internacional do Trabalho entre os países industriais e as regiões fornecedoras de produtos agrícolas e minerais”.

(LUCCI, E. A. et. al. Território e sociedade no mundo globalizado: Geografia Geral e do Brasil. Ensino Médio. Editora Saraiva, 2005. p.56).

Assinale a alternativa que NÃO expressa uma característica da Divisão Internacional do Trabalho (DIT).

a) Os países desenvolvidos exportam produtos tecnológicos e os países subdesenvolvidos exportam matérias-primas.

b) A formação da DIT está relacionada, principalmente, com os eventos ligados ao colonialismo.

c) Conferências internacionais são anualmente realizadas para se definir qual tipo de produto cada país produzirá no contexto do comércio internacional.

d) A Divisão Internacional do Trabalho envolve, entre outras questões, as relações desiguais entre o norte desenvolvido e o sul subdesenvolvido nos campos político e econômico.

Questão 12. A lógica da operação das empresas multinacionais ou globais no contexto da Divisão Internacional é:

a) a inserção dessas no mundo desenvolvido, proporcionando uma maior democratização no acesso às novas tecnologias em todo o mundo.

b) a atualização do sistema internacional, quando os países subdesenvolvidos, agora industrializados, também passam a exportar produtos industrializados.

c) a ampliação da política do pleno emprego que, a partir da segunda metade do século XX, adquiriu uma dinâmica global.

d) o fortalecimento das leis ambientais e trabalhistas, principalmente naqueles países onde essas indústrias se instalam, dinamizando assim o processo de distribuição de renda.

Questão 13. (UESC). Nas últimas décadas, muitos países que tinham uma economia voltada basicamente para o setor primário têm recebido em seus territórios filiais ou subsidiárias de multinacionais, fato que vem modificando profundamente seus perfis econômicos e suas funções dentro da atual divisão internacional do trabalho (DIT).

Com base nas informações do texto e nos conhecimentos sobre a DIT e suas implicações, é correto afirmar:

a) A implantação das multinacionais, nos países periféricos, gerou grandes lucros, porque o lucro era reinvestido no seu território, diversificando o processo produtivo.

b) A nova DIT não alterou as desigualdades no processo produtivo, mas possibilitou o dinamismo da economia de todos os países do Terceiro Mundo, devido à interferência estatal.

c) Os países de industrialização clássica, como o Brasil, o México e a Argentina, saíram mais fortalecidos que os demais países periféricos, porque os investimentos externos produtivos priorizam esses mercados.

d) Essa nova Distribuição Internacional do Trabalho caracteriza-se pela mudança do perfil econômico das nações periféricas e pela diminuição da dependência econômica dessas nações.

e) Os países centrais, na nova Distribuição Internacional do Trabalho, fornecem produtos e serviços com alto conteúdo tecnológico e os países periféricos, produtos de primeira e segunda geração industrial.

Questão 14. Assinale qual dos fenômenos abaixo não representa uma consequência das atuais condições da Divisão Internacional do Trabalho:

a) Intensificação da Globalização e dos meios tecnológicos.

b) Descentralização industrial e produtiva.

c) Expansão das grandes corporações para todo o mundo.

d) Enfraquecimento das leis ambientais em países periféricos.

e) Desconcentração das riquezas mundiais.

Questao 15. Com a criação do Mercosul, as parcerias econômicas brasileiras passaram por transformações. Assinale a alternativa que expressa corretamente tais transformações.

a) Ampliação da parceria com os países sul-americanos, notadamente a Argentina, em detrimento da antiga proximidade econômica com os Estados Unidos.

b) Diminuição das importações para os países da América Latina e ampliação das exportações para eles.

c) Redução brusca das dívidas externas dos países-membros do Mercosul, em função da nova política brasileira de concessão de empréstimos a juros baixos.

d) Início da industrialização do Brasil a partir da integração com os países-membros do Mercosul graças ao recebimento de novos tipos de matérias-primas.

Mercosul formaliza fim de disputa por entrada de Venezuela no bloco

O governo brasileiro e o venezuelano comemoraram nesta terça-feira (14/01) em Assunção o fim da disputa pela entrada da Venezuela no Mercosul após a cerimônia de ratificação de ingresso deste país no bloco, que foi presidida pelo chanceler do Paraguai, Eladio Loizaga.

O embaixador da Venezuela em Assunção, Alfredo Murga, disse que o ato tem um grande significado e o governo de Nicolás Maduro agradece ao presidente do Paraguai, Horacio Cartes.

(Opera Mundi, 14/12/2014. Disponível em: Operamundi.uol. Acesso em: 17/01/2014).

Questão 16. Com base na leitura da notícia acima, podemos concluir que o agradecimento oficial direcionado a Horacio Cartes pelo governo da Venezuela justifica-se:

a) porque o governo paraguaio fez constantes disputas a fim de garantir a entrada dos venezuelanos no Mercosul.

b) porque o presidente Nicolás Maduro conseguiu se eleger em seu país em função do apoio incondicional dado pelo Paraguai.

c) porque o Paraguai é o país responsável pela autorização de um novo membro no bloco do Mercosul.

d) porque o Paraguai não vetou a entrada do novo membro, diferentemente do que havia realizado ao longo dos anos anteriores.

Questão 17. Dentre os estágios de integração entre membros de um mesmo bloco econômico abaixo elencados, assinale aquele que corresponde ao Mercosul:

a) Zona de livre comércio.

b) Área de livre comércio.

c) União Aduaneira.

d) Mercado Comum.

e) Região Alfandegária.

Questão 18. (PUC-SP) Comparando-se o Mercosul e a União Europeia, é correto afirmar que:

a) A União Europeia tem colhido fracassos em razão de ser composta por países que têm um histórico recente de conflitos armados, ao passo que os sucessos do Mercosul devem-se à harmonia natural de países vizinhos sem histórico de conflitos.

b) Não são passíveis de comparação, pois a União Europeia resultou de um tratado amplo e antigo entre países desenvolvidos e o Mercosul é um acordo de Livre Comércio entre países subdesenvolvidos que nunca visou a qualquer tipo de integração regional.

c) A integração regional da União Europeia atinge as esferas econômica, social, política e cultural do mesmo modo que o Mercosul, que projeta para o futuro a plena integração comercial em todos os setores da economia e uma moeda comum ainda para 2006.

d) Nos dois casos verificou-se que, após as tentativas de integração regional, as relações comerciais entre os países-membros praticamente não foram afetadas, pondo em dúvida a eficácia dessas organizações supranacionais.

e) Enquanto a União Europeia conheceu ampla integração territorial por meio das infraestruturas (ferrovias, rodovias, hidrovias) antes mesmo de sua institucionalização, o Mercosul passou a expandir tais infraestruturas somente após sua criação e ainda assim em ritmo bastante lento.

  “O petróleo continua sendo um recurso básico para a moderna sociedade industrial, apesar de ter sofrido um relativo declínio nas últimas décadas. Em 1971, representava cerca de 68% da energia consumida no mundo, mas em 2007 essa proporção tinha baixado para cerca de 34%, uma porcentagem ainda significativa e maior que a de qualquer outra fonte de energia isoladamente. Se somarmos o petróleo ao gás natural, geralmente associado a ele e que sozinho representa cerca de 20% do consumo energético mundial, teremos um total de 54% da energia produzida pela humanidade, com essas suas fontes fósseis em conjunto”.

(VESENTINI, J. W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Editora Ática, 2012. p.75.)

Questão 19. Em função de suas importâncias, podemos concluir que o petróleo e o gás natural são fontes de energia utilizadas em diversos setores de atividades, dentre os quais podemos assinalar:

a) residencial, energético, transportes e industrial.

b) transportes, agrícola, industrial e extrativista

c) industrial, residencial, energético e construção civil

d) comercial, residencial, transportes e ambiental.

Questão 20. A comercialização do petróleo em nível internacional está, em grande parte, associada à atividade da OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo –, cuja principal função é:

a) diversificar o preço do produto em todo o planeta, a fim de dinamizar a livre concorrência entre os países petrolíferos.

b) cartelizar e controlar o valor do barril de petróleo entre os seus países-membros.

c) incentivar e financiar pesquisas científicas sobre a extração e o refino de petróleo.

d) organizar os produtores de petróleo em cooperativas a fim de livrar os produtores das ações do Estado.

Questão 21. O petróleo é um importante hidrocarboneto, utilizado como fonte de energia e como matéria-prima para a produção de plástico, tintas, solventes e outras mercadorias. Sua formação é resultante da decomposição de matéria orgânica animal e vegetal retida nos subsolos. Dessa forma, as regiões geográficas onde é mais provável encontrar poços de petróleo são:

a) regiões costeiras, situadas nas zonas de encontro entre duas placas tectônicas.

b) em zonas oceânicas e locais que já estiveram cobertos pelos oceanos.

c) em regiões continentais, em pontos de profundas depressões absolutas.

d) em zonas próximas à Linha do Equador, a exemplo do Oriente Médio.

Questão 22. (PUC-Rio - adaptada). Petróleo mais caro preocupa EUA, União Europeia e Japão. Em 2004, os preços do petróleo no mercado internacional tiveram sucessivas altas, lançando dúvidas sobre o crescimento econômico mundial. A elevação do preço do petróleo é consequência de uma série de fatores e tem graves repercussões em alguns países.

A alternativa que NÃO apresenta corretamente uma dessas situações é:

a) a alta do preço do petróleo interfere na economia japonesa que depende do petróleo importado.

b) o preço do petróleo depende das cotas de petróleo estabelecidas pelos países da OPEP.

c) o preço do petróleo aumenta devido aos estoques acumulados pelos Estados Unidos.

d) o preço do petróleo oscila devido à situação de insegurança existente no Oriente Médio.

Questao 23. Assinale qual dos princípios a seguir não representa as premissas da teoria malthusiana:

a) utilização de métodos contraceptivos para controle populacional.

b) as populações humanas crescem em progressão geométrica, enquanto a produção de alimentos cresce em progressão aritmética.

c) a difusão de um “controle moral” na sociedade.

d) controle no número de casamentos entre populações de baixa renda.

Questão 24. A teoria neomalthusiana representou a retomada de alguns dos ideais desenvolvidos por Thomas Malthus, sendo mais fortemente defendida a partir da segunda metade do século XX, após o término da Segunda Guerra Mundial.

O principal dos eventos históricos associado a essa ocorrência é:

a) a transição demográfica

b) o baby boom

c) a redução das taxas de natalidade

d) o processo de descolonização da África

Questão 25. A seguir, temos alguns exemplos de argumentos que podem ser utilizados como formas de contestação ao neomalthusianismo.

I. A dinâmica demográfica vem revelando que o planeta não vem passando por uma explosão demográfica, mas sim por uma transição demográfica, com a queda nas taxas de mortalidade, que é posteriormente acompanhada pela diminuição da natalidade.

II. O grande erro do neomalthusianismo é acreditar que os problemas sociais são causados pelo excesso populacional, quando, na verdade, são as desigualdades do sistema capitalista as responsáveis pela fome e miséria no mundo.

III. A falha da perspectiva antinatalista encontra-se na ineficácia dos sistemas contraceptivos, que não são capazes de evitar o elevado número de nascimentos, sobretudo entre a população mais jovem.

Dentre os raciocínios apresentados, qual(is) faz(em) parte das contestações utilizadas atualmente ao neomalthusianismo?

a) somente a afirmativa I

b) somente as afirmativas II e III

c) somente as afirmativas I e II

d) nenhuma das afirmativas

e) todas as afirmativas

Questão 26. (FUVEST). As previsões catastrofistas dos “neomalthusianos” sobre o crescimento demográfico e sua pressão sobre os recursos naturais não se confirmaram, notadamente, porque:

a) o processo de globalização permitiu o acesso voluntário e universal a meios contraceptivos eficazes, impactando, sobretudo, os países em desenvolvimento. b) a nova onda de “revolução verde”, propiciada pela introdução dos transgênicos, afastou a ameaça de fome epidêmica nos países mais pobres.

c) as ações governamentais e a urbanização implicaram forte queda nas taxas de natalidade, exceto em países muçulmanos e da África Subsaariana, entre outros.

d) o estilo de vida consumista, maior responsável pela degradação dos recursos naturais, vem sendo superado desde a Conferência Rio-92.

e) os fluxos migratórios de países pobres para aqueles ricos que têm crescimento vegetativo negativo compensaram a pressão sobre os recursos naturais.

Observe a imagem a seguir:



Vista do Monte Everest

Questao 27. O fator determinante para o clima da área retratada pela imagem é:

a) a latitude.

b) a continentalidade.

c) as massas de ar.

d) o albedo.

e) a altitude.

Questão 28. Acerca da influência dos diferentes fatores sobre a dinâmica climática, julgue os itens a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) as diferenças de latitude interferem no clima em razão da temperatura dos oceanos nos diferentes pontos da Terra.

( ) as áreas sob maior influência da continentalidade tendem a apresentar menos umidade, salvo quando há interferência de outros fatores climáticos.

( ) regiões que sofrem com uma menor umidade do ar costumam apresentar uma maior amplitude térmica.

( ) o relevo não exerce influência sobre o clima, sendo apenas modificado por ele.

Questão 29.   Desmatamento da Amazônia interfere no ciclo das chuvas

Estudo mostra que o impacto da destruição da floresta pode alterar o clima do Brasil e de países vizinhos. Nos últimos 30 anos, o Brasil já teve 600 mil quilômetros quadrados de terras desmatadas.

(Adaptado de: ANBA, 20/03/2009. Disponível em: http://www.anba.com.br/).

O impacto do desmatamento da Amazônia sobre o regime de chuvas se dá pela seguinte questão:

a) aumento médio das temperaturas

b) contenção das reservas hídricas subterrâneas

c) diminuição da emissão de umidade para a atmosfera

d) intensificação da convergência das massas de ar

e) aumento das anomalias climáticas cíclicas.

Questão 30. (UFMS). Clima é a sucessão habitual dos estados do tempo meteorológico. A grande variação climática no planeta é resultante da interação dos fatores climáticos, que são os responsáveis pela grande heterogeneidade climática da Terra e estão diretamente relacionados com a geografia de cada porção da superfície terrestre. Em qual das alternativas a seguir há APENAS fatores climáticos, isto é, aqueles que contribuem para determinar as condições climáticas de uma região do globo?

a) Correntes marítimas, temperatura do ar, umidade relativa do ar e grau geotérmico.

b) Temperatura do ar, pressão, altitude, hidrografia e massas de ar.

c) Hidrografia, correntes marítimas, latitude e relevo.

d) Altitude, massas de ar, maritimidade e latitude.

e) Temperatura do ar, umidade relativa do ar, insolação e grau geotérmico

 

 

Relacionadas