quinta, 26 de novembro de 2020

Educação
Compartilhar:

Aluna de Cabedelo conquista 1º lugar no concurso de redação do MP-Procon

Secom-Cabedelo / 19 de novembro de 2015
Foto: Divulgação
A Escola Municipal Rosa de Figueiredo dá mais uma vez mostra do trabalho que é desenvolvido na unidade para a formação dos seus alunos. A estudante Thainá Rodrigues, de 13 anos, aluna do 8º ano, acaba de conquistar o primeiro lugar no I Concurso de Redação e de Artigo do Ministério Público – Procon, cujo tema foi "Impactos negativos da falsificação de produtos na economia do país, na saúde e na qualidade de vida dos consumidores e os benefícios na aquisição de produtos originais".

O prêmio será entregue em solenidade a ser realizada na próxima sexta- feira (20), durante o IV Congresso Internacional de Direito do Consumidor, no auditório do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê).

Para Thainá, a experiência de participar de concursos é sempre uma oportunidade de aprender mais.

“Da primeira vez que a diretora disse que ia haver esse concurso, eu não tinha pensado em concorrer, mas a professora de português incentivou dizendo que ia ser bom para os alunos participarem, e daí eu resolvi fazer. Depois, quando soube do tema e pesquisei sobre ele, vi que era uma coisa interessante e que valia a pena escrever. É uma experiência muito boa que a gente passa quando está fazendo, porque dá para aprender mais”, relatou.

Para a professora de português, Verônica Elias dos Santos Lira da Silva, a premiação é fruto do trabalho desenvoldio em sala de aula.

“O prêmio é muito significativo, porque além de ser uma condecoração pelo trabalho da aluna é também um reconhecimento pela nossa atuação em sala de aula, pautada pelo esclarecimento, as trocas de ideias com eles, de trazer a tona algo que é tão real na nossa sociedade. A gente só pensa na questão da corrupção ligada a políticos e esquecemos que, às vezes, nós mesmos praticamos pequenas corrupções. Eu trouxe essa reflexão para eles, essa consciência: debatemos, conversamos sobre o tema e introduzimos textos para eles se sentissem estimulados a escrever”.

Em sala de aula – A premiação de Thainá é um reflexo do trabalho orgânico desenvolvido na escola Rosa de Figueiredo. Para a diretora Rosa Viana este é um dos diferenciais da unidade.

“Gostamos muito de leitura e fazemos um trabalho para incentivar essa prática nos estudantes, pois é através dela que o aluno adquire facilidade em escrever. Esse trabalho é feito diariamente pelos professores em sala de aula, e quando há a oportunidade de um concurso, pegamos o tema e procuramos pessoas que saibam ou trabalhem com ele para fazer palestras com os alunos, para orientá-los”, relatou.

Segundo ela, a participação de alunos da escola no concurso MP-Procon é um exemplo do trabalho executado a partir do incentivo à leitura e à produção escrita, da busca de informações sobre os concursos e até do envolvimento de profissionais de outras áreas na preparação dos alunos.

Para o concurso, a escola promoveu palestra com o secretário geral do Procon de Cabedelo, Francinaldo Oliveira. Ações como a reativação da biblioteca e a premiação dos melhores leitores do bimestre também fazem parte desse trabalho.

“A escola incentiva muito. Eles sempre querem que a gente participe, que sejamos incentivados a estudar mais, a procurar participar de todos os concursos que aparecem, porque é bom para escola e pra gente, para que possamos nos desenvolver e aprender cada vez mais”, concluiu Thainá.

 

Relacionadas